Confusão

A polêmica divisão da fortuna de Chico Anysio: De filho renegado a viúva revoltada

Notícias recentes explicam o motivo do imbróglio

A polêmica divisão da fortuna de Chico Anysio: De filho renegado a viúva revoltada
Herança de Chico Anysio é disputada na Justiça - Foto: Reprodução

Publicado em 25/03/2020 às 11:56:00 ,
atualizado em 25/03/2020 às 12:15:22

Por: Redação NT

A nova briga por herança na Justiça que tem chamado atenção é a de Chico Anysio. O testamento do humorista foi anulado por não constar o nome de Lug de Paula, filho do comediante, e porque Malga Di Paula, a viúva, teria ficado com mais de 50% dos bens para ela.

No início de março, o advogado de Malga, Adailton Rodrigues, explicou que a decisão da 2ª Vara da Família da Barra da Tijuca ocorreu porque Chico teria destinado 100% de seu patrimônio, não seguindo a determinação legal que destina 50% desses bens aos seus herdeiros. O roteirista deixou oito filhos.

A empresária não escondeu sua insatisfação com os herdeiros do seu marido e fez diversos questionamentos em entrevista recente ao canal do YouTube Na Lata, de Antônia Fontenelle. “Por que é que esses benditos desses filhos querem metade desse apartamento? Eles esquecem todo o resto. O patrimônio intelectual para eles não vale de nada?”, disparou.

Ela luta para ficar com o apartamento avaliado em R$ 7 milhões onde morava com Anysio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Malga garante que o imóvel foi doado pelo artista ainda em vida.

“Nunca ninguém me respondeu. Se hoje, qualquer filho ligasse para mim, eu jamais deixaria de falar com um filho do Chico. Não há advogado no mundo que me proíba a falar com o filho do homem que eu amei. Acho um absurdo. Fico triste", desabafou Malga, bastante emocionada.

A empresária ainda relatou que um dos motivos do juiz pediu a anulação do testamento porque ele interpretou que ela tem mais de 50% dos bens, mas ela não concorda com a decisão.

“É um absurdo essa sentença. O juiz diz que ele está anulando porque o Chico deixou mais de 50% dos bens para mim. Como que ele (o juiz) sabe, se o perito não avaliou a obra dele. Chico deixou os quadros dele para mim. Como o juiz sabe o valor desses quadros? Ele não sabe o valor de nada”, declarou.

Filho de Chico Anysio

Lug não se manifestou publicamente sobre a briga judicial envolvendo os filhos de Chico com a viúva, entretanto, sua advogada, Martha Christina Mariotti Claro, explicou à revista Quem que a anulação do testamento vai além da falta do nome do seu cliente no documento.

“O testamento tinha erros técnicos jurídicos que levaram à anulação. Não fora só a questão do Lug não ter sido contemplado no testamento do Chico. Acontece que o documento cedia a integralidade dos bens, sem respeitar a legítima. Fora isso, o testamento mais parecia outro programa humorístico do saudoso Chico, determinando divisão de bens de forma incoerente. Como, por exemplo, dispondo sobre conteúdo dentro de lados de armários”, contou.

O advogado de Chico, Paulo Cesar Pimpa, comentou que Lug receberá uma parte da herança, pois tem os direitos garantidos no inventário. "Não existe ele ficar fora. Os bens do Chico estão totalmente garantidos no inventário, que seria repartido para o Lug de Paula. Ele em momento nenhum ficou de fora do patrimônio do pai dele. Os filhos estão resguardados no inventário”, concluiu.

Malga relatou que a relação de Lug com o pai não era das melhores e os dois vivam brigando: “A relação deles era muito complicada. Eu fiquei casada com o Chico durante 14 anos, e nesse momento tiveram umas cinco, seis, sete vezes que o Lug desaparecia. Ele implicava com alguma coisa que o pai ou os irmãos tivessem feito e desaparecia, não falava com ninguém”.

“Ele estava bravo com o Lug por alguma razão e chamou o testamenteiro incompetente e mandou tirar o filho do testamento. Três meses depois de fazer esse testamento, o Chico foi para o CTI e veio a falecer. Tenho certeza que se o Chico tivesse vivido mais um ano, ele teria mudado”, continuou. “Apesar desse relacionamento complicado, ele amava o Lug. Ele achava que o Lug era o filho mais talentoso que ele tinha”, completou.

Divisão de bens

Malga foi colocada como inventariante do testamento e afirmou que os bens materiais ficaram para ela, enquanto o patrimônio intelectual para os filhos. “Não faço a menor ideia de quanto realmente vale", afirmou.

Há rumores que o patrimônio do comediante beire aos R$ 150 milhões, mas o advogado e testamenteiro do comediante afirmou que os bens do artista não passam de R$ 20 milhões.

“Existem numerários nos bancos sendo creditados na conta do espólio que tem que ser dividido entre os filhos. Esse dinheiro é fruto de direitos autorais, direito conexo e alugueis de salas comerciais. É um dinheiro que, por conta do inventário, ainda está preso”, relatou o testamenteiro. “Somando todos os bens do Chico, o valor do patrimônio não passa de R$ 20 milhões”, completou.

Já sobre o apartamento, Paulo Cesar explicou que Malga Di Paula, a última esposa de Chico Anysio, tem direito aos 50% do imóvel, enquanto o restante deve ser dividido entre os oito filhos do comediante. “A Malga, realmente, quer ficar com o imóvel, mas 50% é dela e a outra metade é dos filhos, para ser dividido. Ela só tem direito à metade”.

Filho desabafa

Nizo Neto concedeu recente entrevista ao jornalista Leo Dias, sobre a herança do pai. O rapaz relatou que o humorista não deixou dinheiro. “Meu pai deixou de herança o legado e a obra, que são lindos! Financeiramente, não deixou nada”, comentou.

“As pessoas acham que eu sou milionário, o que seria normal, tratando-se de um homem com a história de Chico Anysio. Ele foi um homem que não se organizou para deixar bens materiais”, concluiu.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!