Luto

Morre Bruno Lima Penido, colaborador de Malhação e Verdades Secretas, aos 41 anos

Formado em jornalismo, ele também trabalhou no Vídeo Show e na série A Cara do Pai

Morre Bruno Lima Penido, colaborador de Malhação e Verdades Secretas, aos 41 anos
Nascido em Belo Horizonte, Bruno Lima Penido entrou para o Grupo Globo em 2007 - Foto: Reprodução/Instagram

Publicado em 22/03/2020 às 17:30:00

Por: Redação NT

O roteirista Bruno Lima Penido morreu no sábado (21), aos 41 anos. Ele colaborou no texto de duas novelas da Globo: Verdades Secretas, de Walcyr Carrasco, em 2015, e Malhação: Viva a Diferença, de Cao Hamburguer, em 2017. A informação foi confirmada pela Central Globo de Comunicação neste domingo (22). A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em Belo Horizonte, Bruno Lima Penido era formado em jornalismo e trabalhou como repórter na Folha de S. Paulo. Foi correspondente em Buenos Aires, na Argentina, antes de entrar para o Grupo Globo, em 2007. Atuou como editor e produtor da GloboNews, na TV fechada, e também esteve na redação do extinto Vídeo Show.

Em 2010, ingressou na dramaturgia. Além da colaboração nas duas novelas de sucesso, integrou o time de roteiristas da série A Cara do Pai, que teve duas temporadas, entre 2016 e 2017. Exibida nas tardes de domingo, a atração tinha Leandro Hassum e Mel Maia como protagonistas e redação final de Daniel Adjafre.

Escrita com a colaboração de Bruno, Malhação: Viva a Diferença volta ao ar em 6 de abril. A temporada da novelinha teen foi escalada por conta da suspensão das gravações de todas as tramas inéditas da emissora. A medida obedece as recomendações dos órgãos de saúde por conta da pandemia do coronavírus.

Em 2018, ele lançou seu primeiro livro, Mordidas por Dentro: Poemas em Prosa para Corações Dilacerados, pela Editora Instante. Em sua última postagem no Instagram, o escritor lê um trecho da obra, em que fala sobre medo, solidão e melancolia.

Amigo de Bruno, o jornalista Ivo Madoglio, do É de Casa, lamentou a morte. "Devia ser proibido alguém abandonar o 'reality da vida', sem perguntar se todo mundo concorda. É difícil de acreditar que o telefone não vai mais tocar com o seu nome, que nenhum what's vai chegar ou que não vamos mais ver suas lindas postagens", escreveu, em seu perfil no Instagram.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!