Diogo

Vilão de Bom Sucesso, Armando Babaioff desabafa: "Penso em desistir todos os dias"

Ator falou sobre as dificuldades da carreira e recusou rótulo de celebridade

Vilão de Bom Sucesso, Armando Babaioff desabafa:
Armando Babaioff já passou por crises existenciais na carreira - Foto: Divulgação

Publicado em 24/01/2020 às 13:30:18 ,
atualizado em 24/01/2020 às 13:39:45

Por: Redação NT

Armando Babaioff virou uma das figuras mais comentadas dos últimos tempos por causa de seu vilão Diogo, o intrépido advogado maldoso de Bom Sucesso. O ator, no entanto, não se ilude com o sucesso ao mesmo tempo que recusa o rótulo de celebridade e garante que já passou por crises na carreira.

Em entrevista à jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o ator de 38 anos garantiu que nem tudo é um mar de rosas. "Penso em desistir todos os dias. O Brasil é um país que não tem memória e que não valoriza a sua cultura. As pessoas não veem que os artistas são os cronistas do seu tempo", explicou ele.

Engatando duas novelas na Globo (ele fez Segundo Sol, em 2018), Babaioff garante que não pensa em ter contrato de longa duração e também pretende buscar sempre outros meios de trabalho na carreira. "Não quero ter um contrato e me acomodar como um ator de televisão. Sou um artista e desejo me expressar de todas as formas possíveis", garantiu.

O ator já anunciou que, após a novela, voltará a atuar no teatro com o espetáculo Tom na Fazenda, que é sucesso de público e crítica e havia sido interrompido durante o período de Bom Sucesso. Ele voltará aos palcos no dia 1º de fevereiro, no Rio de Janeiro. "Estamos enfrentando dificuldades burocráticas por parte do governo. Essa peça é o meu ganha-pão e de outras 12 pessoas. Estamos sofrendo diretamente com a guerra contra a cultura que surgiu nesse país", lamentou.

Armando Babaioff não quer ser celebridade

E o intérprete de Diogo deixou claro que não tem nenhum interesse na vida glamourosa que celebridades costumam viver. "Aonde vou faço questão de deixar claro que não sou uma celebridade e que não vivo como tal. Sou um operário que precisa ralar muito. Não tenho contrato fixo com a Globo", confidenciou.

E o ator foi além. "Agora, com o fim da novela, não vou tirar férias em nenhum iate de luxo ou viajar. Vou voltar para o teatro e correr atrás de trabalho para pagar as minhas contas", cravou.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!