Declínio

Galã renegado de A Múmia: O que aconteceu com Brendan Fraser?

Ator perdeu prestígio na virada do século

Galã renegado de A Múmia: O que aconteceu com Brendan Fraser?
Ator mudou radicalmente - Foto: Montagem

Publicado em 23/01/2020 às 06:13:00

Por: Naian Lucas

O ator Brendan Fraser fez muito sucesso ao protagonizar o filme A Múmia e despontou como um dos artistas mais promissores de Hollywood. Porém, ele passou por um episódio de assédio sexual e viu sua carreira desmoronar de uma hora para outra, caindo no anonimato.

Fraser vivia um grande período no final dos anos de 1990 e começo dos anos 2000, mas tudo mudou em um almoço no verão de 2003, nos Estados Unidos. Ele se reuniu com o presidente da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, Philip Berk, e afirmou ter sido assediado sexualmente. Após o escândalo , Fraser percebeu que seus trabalhos foram diminuindo até ele entrar em depressão, se sentindo renegado por produtores.

De acordo com o ator para revista GQ, em 2018, Berk, no meio da sala lotada, usou a mão esquerda e passou no bumbum, estendendo o dedo em direção a parte anal do ator. “Neste momento eu estava em pânico e com medo”, relatou. “Eu ainda estou com medo? Absolutamente. Sinto que preciso dizer algo? Absolutamente. Eu queria dizer muitas, muitas vezes? Absolutamente. Eu travei? Absolutamente”, acrescentou.

Após o episódio, o artista tentou relatar o fato a polícia, mas sentiu que não recebeu a atenção devida. Philip chegou a pedir desculpas publicamente a Fraser, afirmando que apenas estava brincando e garantiu que jamais bloqueou trabalhos para o norte-americano. 

Mas a vida dele foi piorando ano após ano. Primeiro, ele se preparou para fazer o filme do Superman, em 2006, contudo, ficou sem o papel. Aquilo lhe decepcionou, pois, de acordo com entrevistas, ele sentiu que não era bom o suficiente. No ano seguinte, sofreu mais um novo golpe: separou-se da atriz Afton Smith. Os dois se conheceram em 1993 e emplacaram um dos romances mais badalados de Hollywood nos anos de 1990. Eles se casaram em 1998 e tiveram três filhos neste período.

Em dezembro de 2007, o casal anunciou o divórcio e eles tiveram algumas brigas judiciais. Em 2013, por exemplo, Fraser pediu aos tribunais uma redução de seus pagamentos de pensão alimentícia, explicando que não tinha como repassar US$ 900 mil por ano.

Porém, sua ex-esposa, o acusou de esconder ativos financeiros. Fato é que o fim do relacionamento, mais o episódio de assédio sexual, fez com que Fraser entrasse em depressão e deixasse a carreira de lado, já que sentiu boicote da indústria de Hollywood por conta do seu posicionamento contra Berk. “Eu não sei se isso me desfavoreceu com o grupo, com o HFPA. Mas o silêncio foi ensurdecedor”, contou.

Brendan Fraser e o físico

Sem grandes trabalhos, sem esposa e com depressão, Brendan se descuidou do físico. Além disso, seus papéis do passado exigiram demais do seu corpo, pois precisava fazer acrobacias.

Durante um período de sete anos, na década passada, Brendan precisou fazer várias cirurgias, como substituição parcial do joelho, nas cordas vocais e uma laminectomia. Se antes a boa forma do ator arrancava suspiros, hoje, aos 51 anos,  ele não consegue manter o mesmo desempenho.

Carreira de Brendan Fraser

Brendan Fraser começou a carreira em 1991, mas ganhou destaque no filme O Homem da Califórnia (1991). Com seu bom desempenho na produção, logo teve a oportunidade de ser um estudante judeu em Código de Honra (1992).

Com bom tempo de humor, foi chamado para protagonizar George, O Rei da Floresta. Versátil, ocupou o papel do herói de A Múmia (1999), talvez o seu principal trabalho da carreira, já que recebeu muitos elogios pelo seu desempenho e a produção arrecadou quase meio bilhão de dólares.

Nos anos seguintes, ainda teve trabalhos interessantes, como o filme Crash (2004) e a série The Affair (2014), mas nada que chegasse perto do que conseguiu alcançar na década de 1990. Inclusive, Fraser recebeu poucos convites para participar do Globo de Ouro.

Confira o trailer de A Múmia (The Mummy):




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!