Especial de Natal

Camila Pitanga questiona: "Quem disse que o Papai Noel não pode ser negro?"

Juntos a Magia Acontece vai ao ar na noite de Natal

 Camila Pitanga questiona: "Quem disse que o Papai Noel não pode ser negro?"
Camila Pitanga em especial de Natal - Divulgação/TV Globo

Redação NT

Publicado em 18/12/2019 às 11:50:08

Camila Pitanga integra o especial da Globo, Juntos a Magia Acontece, que vai ao ar na noite de 25 dezembro.

continua depois da publicidade

Na história, ela é uma professora que precisa cuidar da filha, Letícia (Gabriely Mota), superar a morte da mãe, Neuza (Zezé Motta), e ajudar o pai, Orlando (Milton Gonçalves (Milton Gonçalves), a se reerguer do luto.

Ao GShow, portal de entretenimento da Globo na web, contou que se emocionou ao ver Milton Gonçalves vestido com os trajes do Papai Noel: "Quando eu vi o Milton vestido pela primeira vez, os meus olhos encheram d'água. Porque é algo que diz muito sem ser panfletário. Quem disse que Papai Noel não pode ser negro?".

continua depois da publicidade

"Se é uma ficção que a gente aceita, essa ficção pode ter muitas caras. Assim como a gente vê a necessidade de as crianças terem bonecas com a sua cor, com seus cabelos, é muito simbólico a gente poder ver um homem negro como Papai Noel", acrescentou ela.

Pessoalmente, Camila tem uma ótima relação com o Natal: "Eu tenho hoje uma realidade muito alegre com o Natal, mas nem sempre foi assim. Quando meus pais se separaram, eu tive Natais em que a gente soube ser feliz, ainda que fôssemos só três pessoas: eu, meu pai e meu irmão, Rocco Pitanga, ou a gente dentro do Natal de outra família. Tinha alguma coisa que era um buraco, uma dor, mas também tinha um fortalecimento desse elo familiar".

continua depois da publicidade

"Para mim, passar o Natal em família é com todo mundo que você se sente bem. Afinal, existem tantos tipos de famílias... Às vezes, a família pode ser a dos amigos, pode ser o avô com suas netas, a da dona de um orfanato com as crianças...", acrescentou ela.