Revelação

Pabllo Vittar conta se prefere ser tratada como homem ou mulher e fala de mudança de sexo

Cantora deu entrevista ao youtuber Matheus Mazzafera

Pabllo Vittar conta se prefere ser tratada como homem ou mulher e fala de mudança de sexo
Pabllo Vittar falou um pouco da sua vida - Foto: Reprodução/Instagram

Publicado em 03/10/2019 às 11:25:00

Por: Redação NT

É o Pabllo Vittar ou a Pabllo Vittar? A cantora revelou que não se importa com a forma que as pessoas lhe chamam e confessou que não passará por cirurgia de mudança de sexo. A artista ainda contou em entrevista ao youtuber Matheus Mazzafera, na última quarta-feira (02), qual é um dos seus maiores “crush”.

“Tanto faz, amor. Vou me sentir muito tranquila, amiga”, respondeu Pabllo quando questionada pelo apresentador qual era o jeito certo de lhe chamar. Logo em seguida, Matheus perguntou se ela pretende operar para mudar seu sexo.

“Não, porque eu não sou trans. Eu sou um menino gay que faz drag [queen]. Não tenho vontade de fazer cirurgias no meu corpo” explicou, ainda assumindo que não paquera mulheres e que não tem muita preferência de homens. “Eu já fiquei com [homens] afeminados. Não tenho esse babado”, admitiu.

Mazzafera relatou que é comum gays darem o primeiro beijo numa mulher, contudo, não foi o caso de Pabllo Vittar. “Foi com o namorado da minha irmã. Ele que tirou meu BV”, contou. “Todo mundo acha que meu primeiro beijo foi com menina, mas foi com menino. Só que beijei menina várias vezes”.

“Crush” de Pabllo Vittar

Qualquer relacionamento de Pabllo Vittar vai repercutir na mídia por conta da curiosidade do público. Porém, a cantora não parece ter todas as pessoas que quer na sua cama, criando amores platônicos. Ela revelou qual é um dos seus “crush”.

“Eu tenho vários. Na minha cidade, tenho vários também. O Criolo. O Criolo é um ‘crushão’”, assumiu.

Pabllo Vittar pede respeito

Na entrevista, ela aproveitou para contar o que faria se tivesse um cartão de crédito sem limites. “Eu queria comprar respeito pra todo mundo, pra todo mundo ser respeitado. Pagaria no débito o respeito, respeito, respeito, respeito”, concluiu.

Confira a entrevista completa abaixo:


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!