Reportar erro
Nunca teve problema

Vampeta fala sobre Neymar e diz que também levou mulheres para Paris: Normal

"Já levei e não deu problema nenhum", disse o ex-jogador ao "TV Fama"

Vampeta fala com repórter da RedeTV!
Divulgação/RedeTV!
Redação NT

Publicado em 05/07/2019 às 17:11:54

O ex-jogador de futebol Vampeta comentou o fato de Neymar ter bancado a viagem de Najila Trindade para ficar com ela em Paris, fato que desencadeou uma acusação de agressão e estupro que segue em investigação até agora.

Em entrevista ao programa "TV Fama", da RedeTV!, o hoje treinador disse que também já fez isso quando jogou no PSG, em 2001.

“Normalmente, os jogadores solteiros sempre fazem isso”, contou ele, ressaltando: “Levei [mulheres] e não deu problema nenhum. Hoje em dia tem as redes sociais e o caso dele é um caso à parte. Não sei o que ele fez com ela no primeiro dia, só os dois, e então deu essa repercussão toda”.

Ainda durante a conversa com a repórter Fernanda Siccherolli, o ex-volante do Corinthians e da seleção brasileiro relembrou o tempo que posou nu para uma revista masculina e orgulhou-se ao comentar: “Acho que até hoje é a mais vendida, por causa da repercussão que deu (risos)”.

A entrevista vai ao ar nesta sexta-feira (05), a partir das 21h30, na RedeTV!.

Neymar x Najila

Neymar garante que não agrediu e nem estuprou Najila Trindade.

Em depoimento na 6ª Delegacia da Mulher na Zona Sul de São Paulo, em junho, o jogador declarou que deu tapas, sim, que deixaram marcas na modelo, porém disse que foi ela quem pediu durante a relação sexual.

O jogador também disse que utilizou sim, preservativo durante o ato, desmentindo Najila, que afirmou que toda a briga teria desencadeado a partir da negativa do atacante de usar camisinha.

Neymar também lembrou que, no segundo encontro que foi gravado, a intenção dele era levá-la a uma festa na capital francesa, mas como a modela estava agressiva, ele decidiu deixá-la sozinha. "Ela jamais falou de estupro, reclamou que eu a deixei sozinha", explicou o jogador.

Ao sair da delegacia, o craque do PSG deu entrevista aos repórteres que se aglomeravam na frente da delegacia e repetiu o que já havia dito anteriormente. "Estou tranquilo porque sei que a verdade vai prevalecer", bradou.

Antes, o jogador teria se emocionado ao falar sobre o caso para a delegada e a promotora de justiça que acompanham o caso. Neymar reafirmou estar vivendo um momento difícil, mas que sabe que irá superar porque considera estar do lado da verdade.

No meio de toda essa polêmica, o atacante se machucou em amistoso da seleção brasileira e acabou cortado da Copa América.

Mesmo sem o craque, o Brasil está na final da competição e enfrenta o Peru no próximo domingo (07), às 17h, no Maracanã.

Mais Notícias
Outros Famosos