Crime

Assassino disparou 13 tiros contra Rafael Miguel e seus pais, aponta laudo

Paulo Cupertino Matias segue foragido

Assassino disparou 13 tiros contra Rafael Miguel e seus pais, aponta laudo
Paulo Cupertino Matias fugiu após o crime e segue foragido

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 16/06/2019 às 18:30:56

O comerciante Paulo Cupertino Matias disferiu 13 tiros contra o ator Rafael Miguel e seus pais no último domingo (09). É o que apontou laudo necroscópico divulgado neste sábado (15).

O ex-"Chiquititas", de 22 anos, havia dado uma carona para a namorada, Isabele Tibcherani, e os pais dele iriam conversar sobre o relacionamento, quando o pai da jovem de 18 anos chegou e logo atirou.

Segundo informações divulgadas pela Globo, o laudo indicou que a maioria dos disparos teve Rafael como alvo. Foram sete balas no corpo do ator, sendo uma na cabeça, uma no peito, três nas costas e dois no braço. João Alcisio Miguel, de 52 anos, foi atingido quatro vezes, e Miriam Selma Miguel, de 50, outras duas.

Os investigadores entendem que Cupertino utilizou uma pistola, pelo número de tiros. Ele utilizou dois carros para fugir e ainda não foi encontrado.

A Justiça decretou sua prisão temporária e as buscas não param.

Rafael Miguel

O ator teve como último trabalho na televisão a novela "Chiquititas" (2013), onde interpretou o personagem Paçoca. Antes, na mesma emissora, foi Bentinho em "Cristal" (2006).

Rafael Miguel também trabalhou na Globo. Em 2006, atuou em "Pé na Jaca" e no mesmo ano fez uma participação na minissérie "JK". Já em 2009, fez a novela "Cama de Gato".

Antes de tudo isso, ele ficou conhecido do grande público ao estrelar uma série de comerciais ainda criança, onde fazia birra pedindo para a mãe comprar brócolis.

Homenagem

No dia 11 de junho, Isabele Tibcherani alterou o seu nome no Twitter, adotando o sobrenome do amado, e fez uma série de homenagens a ele.

"A saudade veio tão forte hoje. dor que não se mede! bom dia meu amor, eu preciso de você", disse ela.

Depois, analisou: "A pior lado de tudo isso, refletindo e digerindo tudo, é que o Rafael me libertou (não como nós sonhávamos) em todos os sentidos da palavra. Por essa razão,
vou seguir e realizar todos nossos sonhos! Eternizá-lo na minha pele, assim como está na minha memória e no meu coração".

Por fim, compartilhou uma declaração do namorado quando eles haviam feito um ano de namoro, e escreveu: "1 ano, 2 meses, 11 dias e uma vida inteira ao lado da razão da minha
felicidade".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!