Delegado Joubert

Milhem Cortaz sobre ter usado calcinha em cena: "faço isso em casa"

"Me diverti muito fazendo", diz Milhem Cortaz sobre "O Sétimo Guardião"

Milhem Cortaz sobre ter usado calcinha em cena:
Milhem Cortaz foi humilhado na ficção por usar calcinha - Divulgação/TV Globo

Thiago Forato
i

Thiago Forato

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 14 anos e assina a coluna Enfoque NT há oito, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele:

thiagoforato@natelinha.com.br

Twitter: @tforatto

Publicado em 25/05/2019 às 09:03:46

Um dos destaques de "O Sétimo Guardião", Milhem Cortaz assinou novo contrato com a Globo e está garantido por mais tempo na emissora, não apenas por obra, como tem sido praxe nos últimos anos.

Ao NaTelinha, Cortaz se diz honrado em fazer parte desse grupo, e avaliou sua participação na última novela das nove. "Um aprendizado enorme. Quero trafegar mais pelo humor. Amei", contou o ator, que interpretou o delegado Joubert, que possuía o fetiche de usar calcinha.

Questionado sobre como acredita que "O Sétimo Guardião" será lembrada daqui alguns anos, apesar da baixa audiência e repercussão, falou: "pra mim uma novela que me diverti muito fazendo. Aprendi muito com todos dessa equipe".

Neste ano, além da novela, Milhem Cortaz esteve na série "Ilha de Ferro", do Globoplay, e "Rua Augusta", da TNT. Sobre novos projetos, o ator desconversou: "Algumas conversas".

Cenas usando calcinhas

Com um personagem que poderia ter tido uma condução cômica com a situação de vestir calcinhas, o andamento foi bem diferente e teve um tom dramático. Sobre a experiência de ter vestido peças íntimas em cena, declarou, bem-humorado: "normal, faço isso em casa".

Tendo interpretado diversos personagens ao longo da carreira, Milhem não aponta tipos e aponta o que falta para o seu currículo: "o próximo".

Aos 46 anos, Cortaz teve uma extensa passagem pela Record entre 2004 e 2016, desde a época em que a emissora alardeava estar rumo a liderança.

O ator fez uma participação especial em "A Escrava Isaura" e engatou "Essas Mulheres", passando por "Cidadão Brasileiro", "Bicho do Mato", "Vidas Opostas", dentre outras, passando também pelas bíblicas "Os Dez Mandamentos" e "A Terra Prometida".

"O Sétimo Guardião" foi justamente a sua primeira novela nesta volta à Globo. A última havia sido numa breve participação no longínquo ano de 2004, em "Da Cor do Pecado".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!