Coração aberto

Marina Ruy Barbosa sobre caso José Loreto: "Fiquei abalada"

A atriz foi apontada como responsável pela separação de Débora Nascimento com o ator

Marina Ruy Barbosa sobre caso José Loreto:
Marina Ruy Barbosa teve seu nome envolvido na separação de José Loreto com Débora Nascimento - Foto: Reprodução/Montagem

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 03/05/2019 às 12:28:54

Marina Ruy Barbosa protagonizou, pela primeira vez, uma novela na faixa das nove. “O Sétimo Guardião” termina neste mês de maio e, apesar das confusões nos bastidores, com certeza ficará marcada na carreira da artista. Além de ter sido o seu papel pesado na carreira, a atriz viu seu nome envolvido na conturbada separação de José Loreto e Débora Nascimento.

Em entrevista a revista Marie Claire, edição de maio, Marina comentou sobre os seus sentimentos em relação ao caso entre ela, o seu colega de cena e a ex-esposa dele. “Ter meu nome nisso me abalou. Tive crises de ansiedade e momentos bem conturbados. Foram dias intensos, sem que eu entendesse muito bem o que estava acontecendo”, comentou.

Barbosa garante que foi em “O Sétimo Guardião” que ela conheceu José Loreto e não ocorreu problemas pessoais com seus parceiros de cena em nenhuma novela que participou. “Conheci o José (Loreto) agora, assim como o Marcos Caruso e a Isabela Garcia. Sempre tive bom relacionamento com os meus parceiros de cena. Me considero generosa, porque meu compromisso é fazer a novela funcionar e ninguém faz isso sozinho”, afirmou. “Quanto melhor o astral e o respeito, tudo flui”, acrescentou.

Porém, ao longo da conversa, a artista deixa claro que não entendeu o motivo do seu nome estar envolvido na confusão. Mesmo com as acusações nas redes sociais por uma parcela dos fãs de José Loreto e Débora Nascimento, Marina sempre negou que foi amante do ator.

“Realmente, não vejo sentido em falar sobre um assunto que não é meu, não faz parte da minha vida. Claro que eu não tive nenhum tipo de envolvimento com ele (Loreto). E só”, disparou.

A global precisou de terapia para acalmar os ânimos e contou que o apoio do marido, amigos e familiares foi fundamental para continuar serena no trabalho. “Várias mulheres, incluindo atrizes, me procuraram e estiveram do meu lado”, explicou. “Admiro o homem que escolhi para construir minha família, minha história”, ressaltou.

A história com José Loreto não foi a única que colocou Marina no olho do furacão. No começo do ano, saiu na imprensa uma briga entre ela com Lília Cabral por causa de um atraso. A atriz teria sido chamada de mimada pela colega de trabalho, contudo, a veterana negou qualquer desentendimento. “Não mudou nada. Não atrasei, não faltei, não deixei de fazer nada. Cumpri tudo como o previsto e os roteiros não foram mudados por minha causa”, disparou.

A artista aproveitou para colocar panos quentes nos unfollow que recebeu de colegas da Globo. “Não tenho interesse em atacar ninguém”, iniciou. “A gente aprende o tempo inteiro. Também já fui machista, acreditando em fofoca. Eu mesma parei e vi que essas atitudes não foram legais”, finalizou.

Marina Ruy Barbosa, após o fim de “O Sétimo Guardião”, pretende tirar férias e ficar afastada das telinhas em 2019. Mesmo sendo um dos nomes mais requisitados nas produções globais, a artista afirma estar cansada, pois emendou um trabalho atrás do outro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!