Reportar erro
Condenado

Seu Jorge é condenado por uso indevido da canção “Amélia"

Seu Jorge vai ter que pagar R$ 500 mil de indenização à família do compositor Mário Lago

 Seu Jorge é condenado por uso indevido da canção “Amélia"
Divulgação

Taty Bruzzi

Publicado em 01/05/2019 às 18:20:00

A justiça condenou em primeira instância o cantor Seu Jorge pelo uso indevido do verso “Ai que Saudades de Amélia” em sua canção “Mania de Peitão”, lançada em 2004. O trecho faz parte da música “Amélia”, de Mário Lago.

O processo correu na 29ª vara civil do Rio de Janeiro. Agora, o artista terá que pagar indenização no valor de R$ 500 mil aos familiares do compositor com correção monetária desde a sentença e juros legais de 1% desde a citação. 

Em seu depoimento, Seu Jorge disse que só quis prestar uma homenagem aos autores da canção original. Entretanto, quando a sua música foi lançada por uma produtora francesa, em 2004, os responsáveis esqueceram de incluir os nomes de Mário Lago e Ataulfo Alves. 

Ainda, de acordo com o cantor, depois de receberem uma ligação de um dos filhos de Mário Lago, as editoras acertaram o repasse de 50% dos direitos relativos à canção. Em seguida, a música “Mania de Peito” passou a ser editada sem a citação. 

A família afirma que na época um acordo chegou a ser firmado, porém entre 2004 e 2006, período da transação, os pagamentos não foram realizados. Então, os autores da ação contestam por esse tempo perdido.

Mais Notícias