Reportar erro
Verão 90

Da separação de Silvio Santos a tesouradas em babá: Cinco tretas dos famosos nos anos 90

Época retratada pela novela "Verão 90" também contou com muitas polêmicas, mas sem redes sociais

Adriane Galistey, Vera Fischer, Silvio Santos e Simony
Foto/montagem/Reprodução
Sandro Nascimento

Publicado em 29/01/2019 às 08:54:25

Ambientada nos anos 90, estreia nesta terça-feira (29) a nova novela das 19h da Globo, "Verão 90".

Escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral, a trama traz nos papeis principais os atores Claudia Raia, Dira Paes, Isabelle Drummond, Rafael Vitti, Jesuíta Barbosa, Débora Nascimento, Camila Queiroz e Caio Paduan.

Neste período retratado por "Verão 90" aconteceram diversas várias polêmicas entre as celebridades da televisão, esporte e música, assim como acontece hoje. Porém, sem os flagrantes dos celulares e as postagens nas redes sociais.

O NaTelinha preparou uma lista e recorda as cinco maiores tretas entre os famosos que ganharam a capa das revistas e jornais nos anos 90.

Confira:

Adriane Galisteu x família Senna

Da separação de Silvio Santos a tesouradas em babá: Cinco tretas dos famosos nos anos 90

Além da comoção nacional, o enterro de Ayrton Senna, morto num grave acidente durante o campeonato de Fórmula 1 em 1994 no circuito de Ímola, na Itália, foi marcado por uma confusão entre Adriane Galisteu e a família do seu ex-namorado.

A atriz e apresentadora foi hostilizada por parentes do tricampeão durante o enterro que aconteceu em São Paulo. Além disso, teve sua entrada barrada no veículo que transportava os familiares de Senna para o local. Xuxa Meneghel, que também teve um relacionamento com o piloto, foi quem foi no carro.

"Ela era apenas sua namoradinha do momento, como muitas outras antes dela... Não posso evocar os problemas que essa moça causou à nossa família e que determinaram nossa posição. Pois, se o fizesse, exporia certos aspectos da vida privada de Adriane. E eu não tenho esse direito", disparou a irmã de Ayrton Senna, Viviane, para a Folha de S.Paulo em maio de 1996.

Separação de Silvio Santos e Íris Abravanel

Da separação de Silvio Santos a tesouradas em babá: Cinco tretas dos famosos nos anos 90

Em 1992, Silvio Santos ficou separado por cinco meses da escritora Íris Abravanel e chegou a deixar sua mansão, em São Paulo. Neste período, Sula Miranda, que apresentava um programa noturno no SBT, foi apontada como pivô pelo rompimento.

"Na época foi muito difícil. Era nova demais e estava no auge da minha carreira. Tinha acabado de realizar o sonho de ter um programa no SBT em horário nobre. Foi muito difícil viver essa situação, porque sou uma pessoa extremamente correta. Tenho valores. Não gostaria de fazer isso. Foi constrangedor. Mas aprendi com a lição. Depois as pessoas viram qual era meu caráter e não é à toa que tenho respeito dos meus fãs", negou Sula Miranda, sobre ter tido um caso com Silvio Santos, ao jornal Folha de Vitória, há três anos.

A reconciliação entre Silvio e Íris aconteceu no show do Gipsy Kings, em São Paulo, em 1993. Com direito a beijo apaixonado, a volta do casal teve direito a uma matéria de oito minutos do jornalístico "Aqui Agora" e contou com uma entrevista exclusiva, fato raro na carreira do apresentador.

"O dinheiro não compra o que estou sentindo. Agora está a coisa mais linda, limpa, um amor gostoso", disse Íris.

"Meu amor é o dobro do dela", respondeu Silvio Santos.

Vera Fischer e tesourada em babá

Da separação de Silvio Santos a tesouradas em babá: Cinco tretas dos famosos nos anos 90

Em junho de 1996, a Folha de S. Paulo fez uma matéria onde descrevia alguns dos escândalos que envolveram Vera Fischer na década retratada pela nova novela das sete da Globo.

Em 1991, o ator Felipe Camargo, com quem Vera chegou a ser casada e tiveram um relacionamento entre 88 e 95, foi internado no hospital com perfurações no abdome. De acordo com a publicação, a atriz teria esfaqueado o amado.

No ano seguinte, o casal teria trocado bofetões em uma boate e ganhou manchetes na principais revistas de fofocas. Em 1994, Vera Fischer quebrou o braço após uma briga com o marido por ciúmes de Isadora Ribeiro, sua par na novela "Pátria Minha", contou o jornal.

Em 95, a babá do filho de Fischer foi na polícia fazer uma queixa contra a atriz, que teria agredido a profissional a tesouradas, também por ciúmes de Felipe Camargo.

"Eu acho que todas as babás conseguem ser arrebanhadas por ele de alguma forma. Não sei se é porque ele tem algo de sedução com as mulheres. Pode ser delírio meu, mas eu tenho uma intuição muito forte de que pode ser isso. Mas não posso afirmar nada", disse em entrevista à Folha na época.

Galvão Bueno pistola Pelé

Da separação de Silvio Santos a tesouradas em babá: Cinco tretas dos famosos nos anos 90

Durante as transmissões da partida entre Brasil e Suécia, em 1996, Galvão Bueno fez críticas a atuação de Pelé como comentarista da Globo. Os comentários foram transmitidos via parabólica e gravados por vários telespectadores.

"... O Ciro tem que vir para cá. Você passou o jogo inteiro no meu ouvido. Eu sei o que estão dizendo: 'Fala pro Pelé não falar. Fala para o Pelé diminuir'. Só se eu matar ele, cara! Só se eu matar ele, cara (irônico)! Ele vem aqui e mete a mão no microfone assim, tum, abre e fala. Quem contratou, que converse com ele, pô! Ô, Cirão, você vai me enlouquecer. Eu vou dar com a marreta na cabeça dele, pô (rindo). Eu vou fazer o quê?", disse o narrador.

Em outro trecho, continuou as críticas: "Eu estou fechando o microfone dele. É a única forma que eu tenho de evitar, é fechar o microfone. Eu fecho, ele vai e abre de novo, pô! Como é que eu faço?" A treta movimentou o cenário esportivo.

Depois disso, Pelé nunca mais foi comentarista de futebol da Globo.

Alexandre Pires traiu Simony com Carla Perez?

Da separação de Silvio Santos a tesouradas em babá: Cinco tretas dos famosos nos anos 90

O fim de namoro de Simony com o cantor Alexandre Pires movimentou as revistas e jornais em 1995. O romance durou três anos e o pivô teria sido Carla Perez. A cantora e apresentadora infantil acusou o pagodeiro de tê-la traído com a dançarina, na época, integrante do grupo É o Tchan.

“Namorei o Alexandre por três anos. Ele foi uma pessoa muito legal. Tem uma família especial. Sou amiga da família dele. Não tenho nada contra. O Alexandre realmente me traiu com a Carla Perez e eu descobri. Sou danada para descobrir traição. Sou melhor que detetive particular", revelou Simony no programa "Eliana", em 2014.

A morena também afirmou que não guardava rancor de Alexandre e Carla após a descoberta da traição. "Éramos novos. Aconteceu. Hoje, estamos todos bem. Cada um com a sua família", disse.

Mais Notícias
Outros Famosos