Em livro, Daniel conta detalhes de relação com a Tiazinha: "foi quente"

Divulgação

Publicado em 18/09/2014 às 19:41:22

Por: Sem autor

Lançado na noite desta quarta-feira (18), o livro "Daniel: Minha Estrada", que conta a vida do cantor Daniel, ressalta melhor os detalhes do caso que ele teve com Suzana Alves em 1999, na época em que ela fazia sucesso como a Tiazinha.

O capítulo que conta a história chama-se "Desejo de Amar", e Daniel conta que partiu dele a iniciativa de procurar Suzana, segundo ele mesmo detalha: "Nessa fase, eu até tive um lance gostoso, que eu neguei na época, pois ainda estava com a Luciana, mas que hoje, passado tanto tempo, posso revelar: um caso com a Suzana Alves, a Tiazinha. Ela estava no auge, era uma das mulheres mais desejadas do Brasil. Eu também era louco por ela".

Veja destaques da Home NaTelinha:

"Império": João Lucas transa com Du e a engravida; saiba como será a cena
"Tá na Tela", de Luiz Bacci, tem bons resultados no Norte e Nordeste
Namorado de Juju Salimeni exibe corpo musculoso e critica rapaz em academia

Na mesma passagem, o cantor também assume como se encontrou pela primeira vez com Suzana: "Era amigo da secretária dela e, durante um encontro numa ponte aérea, pedi para essa amiga entregar um bilhete a Tiazinha. Não lembro exatamente o que eu escrevi, mas provavelmente falei o quanto a achava bonita, interessante e charmosa. E eu achava mesmo. Não era uma cantada barata, para ver no que ia dar".

Depois, os dois começaram a se falar por telefone e combinaram um encontro no Rio de Janeiro: "Eu estava sem carro. Fui aconselhado pela minha equipe a não sair, a não me expor. E a Tiazinha fazendo aquele sucesso todo, podia chamar atenção. Mas eu não podia deixar de vê-la. Arrisquei. Coloquei um boné e peguei um táxi. Normalmente, sento no banco da frente, mas dessa vez fui atrás, tinha que tomar todo o cuidado possível. Passei no hotel de Suzana, e ela entrou no banco de trás. O motorista do táxi nem percebeu nada. Fomos direto para o meu hotel".


Sucesso nos anos 90 como a Tiazinha, Suzana Alves agora é atriz e dona de um estúdio de pilates - Divulgação


Daniel termina o relato dizendo que sente um carinho muito grande por Suzana até hoje e que fica feliz com os rumos que sua vida tomou: "A Suzana é uma mulher simples, cativante, ótima pessoa. Não tem nada a ver com a personagem que fazia na época, a mascarada com espartilho. O que a gente teve foi algo quente, uma paixão que durou pouco. Até hoje, tenho grande carinho por ela. Eu tive outros casos também. A maioria não teve esse sentimento forte que teve a minha relação com a Tiazinha, uma paixão gostosa".



publicidade

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade