Ponto de Vista

Com um mês de nova temporada, "The Voice Brasil" ganha vitalidade com novidades

Entrada de Iza deu outro clima ao reality show da Globo

Com um mês de nova temporada,
Divulgação/TV Globo

Publicado em 01/09/2019 às 10:46:03

Por: Laís Lubrani

A oitava edição do "The Voice Brasil" está sendo uma grata surpresa para o público da TV aberta. Com nova técnica, repórter e elenco afinados, a temporada de 2019 tem tudo para tornar-se a melhor até então.

Para começar, Iza foi a maior e melhor surpresa dos últimos oito anos no "The Voice Brasil". Com uma carreira recente, a cantora exibiu conhecimento sobre assunto, além de uma simpatia invejável.

Com esse combo, Iza conquistou participantes com grande talento e dignos do título. Desde o início, pensava-se que Carlinhos Brown faria falta, mas na verdade, ele abriu espaço para que Iza chegasse e dominasse totalmente o terreno.

Aliás, hoje, um mês depois do início dessa nova temporada, não há qualquer possibilidade de que a presença de Brown faça falta. Iza é calma, tem talento, carisma e sensibilidade, algo que doa em totalidade aos participantes que deixam a edição. E os que ficam, ganham ainda mais. Algo que não se via tanto com o baiano.

A Globo aprovou a Izabela como técnica e os participantes também. Aliás, alguns deles se mostraram muito felizes com a escolha da emissora. O público também prefere uma jurada não tão eufórica como Carlinhos Brown. Iza, inclusive, define sua estadia como satisfatória. O público diz amém e pede para que o grupo técnico se estabeleça de maneira definitiva.

A razão é simples: o programa está bem mais divertido e muito se deve a Ivete, Michel, Iza e Lulu. O espetinho completo (como disse o último em alguns episódios) interage muito bem entre si e com os candidatos. Parece até que foram feitos um para o outro.

Assim, parece até que foi um erro qualquer outra formação técnica no reality. Daniel, Cláudia Leitte e Carlinhos Brown talvez nunca deveriam ter feito parte, porque nenhuma edição foi tão gostosa de ser assistida como essa.

Não dá pra deixar de lado a participação de Jeniffer Nascimento. A campeã do "Popstar" (título merecido, diga-se de passagem) também é uma das protaginsitas do sucesso da oitava edição do "The Voice". Talentosa, como já esteve em uma competição, sabe exatamente como os participantes sentem-se diante do palco. Assim, ela abraça os candidatos antes e depois das apresentações, mostrando o lado humano da atração.

Com um elenco de 64 participantes, um deles se sagrará o campeão, já sabemos. Mas nós é que ganhamos. Com um formato já desgastado, tudo o que foi exposto deu o gás que faltava para a sobrevida do programa. E não existe vitória maior, nem para a Globo, nem para o público. Ajayô!


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!