Veteranos, participantes de "A Fazenda - Nova Chance" pouco aprenderam

Coluna analisa comportamento dos peões no reality da Record TV

Fotos: Reprodução/Divulgação - Record TV

Publicado em 29/09/2017 às 05:58:49

Por: Thiago Forato

No ar há pouco mais de 15 dias, "A Fazenda - Nova Chance" tem chamado atenção pela repetição de comportamento dos participantes em outros realities.

Os grandes protagonistas (ou antagonistas) até aqui estão causando dentro do confinamento pelos mesmos motivos de suas experiências anteriores. Para o mal. Será que eles aprenderam alguma coisa?

O caso mais flagrante é o de Dinei, Conrado e Nahim. Os três ficam confabulando e falando mal dos outros participantes o tempo inteiro. Para quem assiste, pode ser divertido, mas prova que eles não aprenderam nada. Todo mundo sabe, ou deveria saber, que isso é a maior queimação de filme para alguém que almeja sair de lá vitorioso.

A combinação de votos incessante e a ausência de um novo disco para tocar, já que eles só falam nisso, é o passaporte para terminar de ver o reality pela televisão. Tanto é verdade, que basta observar o tamanho da rejeição do trio nas redes sociais, especialmente do ex-jogador do Corinthians.

 

Fábio Arruda, que é consultor de etiqueta, aparece com um comportamento vergonhoso. Há uma semana, Arruda lamentou a eliminação de Nicole e chamou Ana Paula Minerato de desagradável.

O problema não foi esse. Minerato também errou em fazer um movimento de cabeçada em sua direção, mas Fábio perdeu a linha e começou a xingar a peoa: "Vem me dar uma cabeçada, sua macaca. Sua rampeira. É bem do seu nível, sua maloqueira, você é um lixo, você é um animal. Você é marginal, você é da rua, você é da sarjeta".


publicidade

Aos que acompanharam a primeira edição, logo se lembra das brigas com Théo Becker a quem se dirigia como "demente". Fábio Arruda, embora nunca fosse um postulante ao prêmio máximo, colocou tudo a perder com um comportamento desproporcional e agressivo.

Yuri Fernandes recorreu a velha estratégia de se apoiar numa muleta. Ou fazer um casal. Se enroscou com Monick Camargo, a participante mais desconhecida (e bela, diga-se) de "A Fazenda" para tentar se fortalecer. Batido.

A primeira eliminada, Nicole, está acompanhando o reality de camarote por erros crassos. Num dos comentários, demonstrou apoio à Emilly Araújo, campeã do "BBB17" este ano e se posicionou contra Marcos Härter, na esperança que os fãs da gaúcha a apoiassem. Que nada. Emilly, apesar de campeã, tem alta rejeição, e seus fãs estão ocupados demais acompanhando sua vida no Instagram. Sequer cogitaram embarcar nessa.

Marcos Härter, se não cometer nenhum devaneio como no "Big Brother", deve ser o campeão desta nona edição de "A Fazenda". Articulado e ponderado, vem tentando engatar um novo romance com Minerato, e isso pode por tudo a perder (vai saber). Matheus Lisboa também pode ser um forte candidato, mas não tem tanto apelo como o cirurgião.

Monique Amin, cercada de polêmicas no "BBB12" com o estupro que não foi estupro, não demorou muito e caiu na bebedeira nas festas de "A Fazenda". Como num "Vale a Pena Ver de Novo", Dinei quase reprisou o momento protagonizado por Daniel Echaniz. Teve até torcida por sua expulsão. Outro comportamento repetido de "A Fazenda", com um desfecho que poderia ter sido igual.

Restam mais dois meses e meio.

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 12 anos e assina a coluna Enfoque NT há seis, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br Twitter: @tforatto



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade