Coluna do Sandro

Globo e escolas de samba caminham para mudança histórica no dinheiro da TV

Globo renovou os direitos de transmissão do Carnaval do Rio até 2026 com mudanças

Globo e escolas de samba caminham para mudança histórica no dinheiro da TV
Divulgação/Globo

Publicado em 22/12/2019 às 07:35:09

Por: Sandro Nascimento

No Carnaval de 2021, a Globo e as escolas de samba do Rio de Janeiro caminham para uma mudança histórica na distribuição da verba oriunda dos direitos de transmissão da TV pelos desfiles. Se permanecer o que foi acertado em setembro entre a emissora e a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), a grana destinada às agremiações será dividida levando-se em consideração a posição da agremiação no Carnaval do ano que vem.

O temor para quem discorda do novo critério é criar no Carnaval do Rio o problema que acontece com Flamengo e Corinthians no futebol. Esses times são os que recebem a maior verba para transmissão da Globo e, por isso, acabam tendo melhores condições para desenvolver um trabalho de destaque no campo. Em comparação aos demais clubes, Flamengo e Corinthians recebem valores bem superiores.

Neste novo formato para repartir a verba de transmissão, quem ficar nos últimos lugares receberá um dinheiro menor, e como consequência, menos chance de superar o campeão do Carnaval 2020.  Hoje, a distribuição ocorre de forma igualitária. De acordo com relatos ouvidos pela coluna, Mangueira e Beija-Flor poderiam se tornar o Flamengo e Corinthians do Carnaval.

Para quem defende a mudança na repartição do dinheiro vindo da televisão, justifica que a regra tirará as agremiações do comodismo. Será? Para fazer os desfiles do Carnaval, além do amor, os profissionais precisam de dinheiro.  

Em 2019, Globo pagou de uma só vez

A grande verdade é que as escolas de samba do Rio de janeiro possuem uma dependência financeira da Globo, há anos. A culpa não é da emissora, mas da competência de quem faz a gestão do espetáculo.

Até hoje, a Liga das Escolas de Samba carioca não criou outras fontes de arrecadação. Só aguarda o dinheiro da Globo. Em setembro, sem nenhuma concorrência, a emissora garantiu os direitos de transmissão até 2026.

Percebendo a dificuldade do setor, neste ano, a Globo não parcelou e pagou de uma única vez a verba para as escolas. Foi esse dinheiro que assegurou os desfiles de 2020 no sambódromo. Sem a vitrine e o dinheiro do canal, as apresentações das escolas de samba estariam bem precárias no Rio.

Cidinha Campos de volta ao rádio

A jornalista e radialista Cidinha Campos está de volta às ondas do rádio no Rio de Janeiro. A partir do dia 06 de janeiro ela comanda o Cidinha Livre na Super Rádio Tupi, diariamente, das 13h às 14h.

O raciocínio rápido e os comentários ferozes de Cidinha estavam fazendo falta no rádio. Na década de 90, era líder absoluta de audiência na cidade e chegou a receber um convite de Silvio Santos para liderar uma atração diária nas tardes do SBT. Durante as negociações, algo pegou e a contratação não ocorreu.

Na televisão, dentre outros programas, Cidinha Campos apresentou os infantis: Grande Gincana Kibon e Programa Pullman Junior, fez parte do elenco da Família Trapo, auxiliava Hebe Camargo no palco da Tupi e foi a primeira correspondente internacional do Fantástico. Sucesso Cidinha, estamos na torcida amiga.

Topa Tudo Por Dinheiro

Na última sexta-feira (20), ganhou força na internet que o icônico programa de Silvio Santos, Topa Tudo Por Dinheiro, iria retornar à grade do SBT em janeiro.

A coluna entrou em contato com a emissora, que negou a informação. Tudo não passou de especulação. Alguém ouviu dizer que Silvio teria pedido as fitas para seu assessor e foi o suficiente para gerar todo o rebuliço.

TV Fama continua no horário atual

Contrariando o primeiro pedido de Leo Dias, novo diretor do TV Fama, a emissora decidiu não mudar o horário do programa. Tudo continua como está, ou seja, disputando com a novela das 21h da Globo em 2020.

Existe uma expectativa que a contratação de Sikêra Jr., que estreia em janeiro,  alavanque o RedeTV! News, atração que virá na sequência da programação. A justificativa é que desta forma a grade se beneficie melhor na migração.

Dani Calabresa, o que aconteceu?

Logo após as primeiras informações sobre a morte da atriz Zilda Cardoso, aos 83 anos, na manhã da última sexta-feira (20), em São Paulo, Dani Calabresa correu para homenageá-la nas redes sociais. E não se esperava outra atitude.

Dani assumiu a personagem que Zilda eternizou na televisão, Catifunda, na nova Escolinha do Professor Raimundo. Porém, Calabresa se lamentou por não ter conhecido a atriz.

Ué, ela não teve tempo de marcar algo? Calabresa assumiu a versão da Catifunda na Globo em 2015. Aquelas coisas de televisão que ninguém entende. Lacrar na internet é tão bonito e dá muitos cliques.

Seis por meia dúzia

Celso Zucatelli entrou no comando do Balanço Geral Manhã como grande aposta da diretoria da Record para bater de frente com Marcão e Dudu no SBT.

Essa era a expectativa, mas a realidade é que derrubou a audiência do programa. Na última quinta-feira (19) fechou com 2,5 pontos. Com folga no segundo lugar, o Primeiro Impacto alcançou 4,8 de média em São Paulo. Dados consolidados da Kantar Ibope.

Fernando Morgado no The Noite

Amanhã (23), o escritor Fernando Morgado é o convidado do programa de entrevista de Danilo Gentilli  no SBT,  o The Noite. Ele falará sobre seu livro Comunicadores S.A. que narra a trajetória empresarial dos maiores apresentadores do Brasil.

Sobre Faustão, que também tem um capítulo no livro da Matrix Editora, declara: "É um dos únicos apresentadores na Globo que pode participar diretamente nas negociações com os anunciantes".


Eu fico por aqui ou toda hora no twitter @sandronascimm




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!