Reportar erro
Trauma

BBB21: Karol Conká conta que seu pai foi preso no lugar de um homem branco: "Bateram"

Sister disse que casos assim são frequentes no Brasil

Karol Conká no BBB21
Karol conversou com Rodolffo sobre seu pai - Foto: Reprodução/PPV
Redação NT

Publicado em 20/02/2021 às 10:25:00

Karol Conká conversou com Rodolffo no jardim do BBB21, na manhã deste sábado (20), e revelou que seu pai foi preso e agredido no lugar de um homem branco. A cantora afirmou que negros sofrem discriminação diariamente no Brasil por causa da cor da pele. Contudo, a sister deixou claro que não gosta de ser apontada como uma vítima.

“Meu pai foi preso por ser preto, por um crime que ele não cometeu. Bateram, bateram, bateram, e aí depois prenderam o cara e era um cara branco”, disparou a artista, deixando o sertanejo impactado com a história. Ela explicou que a família sofreu muito com a situação.

Karol relatou que muitas pessoas negras sofrem com episódios iguais de racismo durante a vida. “A pessoa entra em uma loja e fica na mira de seguranças. É assim todo os dias”, comentou. O sertanejo concordou com a sister e lamentou esse tipo de situação.

Contudo, a cantora deixou claro que não gosta de ser taxada como vítima. “Gosto de enfrentar os meus problemas, de cabeça erguida. Mas temos que enfrentar isso todo dia”, completou. Rodolffo deu apoio a colega de confinamento.

Rodolffo conta para Karol Conká processo da sua separação

BBB21: Karol Conká conta que seu pai foi preso no lugar de um homem branco: \"Bateram\"

Rodolffo foi casado com Rafa Kalimann e contou para Karol Conká que o processo de separação foi doloroso. “Quando eu por mim mesmo entendi que aquilo era ruim pra mim. Eu decidi pôr um basta. Eu tive atitude de pedir desculpa, assumir o erro e eu mesmo querer consertar. Quando eu tive essa atitude de fazer isso, tomei essa atitude, fiz o que eu fiz e a maioria dos homens que eu já troquei ideia sobre não apoiaram essa atitude.”, explicou.

“Nossa história foi linda e maravilhosa. Só que, linda e maravilhosa na cabeça dela, na minha eu tinha essa perturbação. Isso tirava o meu sono, de certa forma. Não literalmente, mas me incomodava. Durou 6 meses o desligamento do nosso relacionamento depois disso. Nesses 6 meses eu fiquei remoendo e sofrendo e quando chegou ao fim verdadeiro eu também estava preparado”, completou.



Mais Notícias