Reportar erro
Histórico

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Votação aberta pelo NaTelinha após a final faz um balanço do reality show

Prêmio Melhores BBB20
Melhores BBB20: Confira quem ganhou - Foto/Montagem NaTelinha
Thiago Forato

Publicado em 01/05/2020 às 13:19:00

Ao longa desta última semana de abril, o NaTelinha promoveu votação para que os fãs do BBB20 pudessem eleger os melhores e piores desta edição histórica do reality show, que foi encerrada na última segunda-feira (27).

Entre as categorias da premiação, o internauta escolheu o campeão moral, a pior prova do programa, a planta da edição, o fã-clube mais engajado, o maior barraco, entre outras.

Confira agora os vencedores:

Maior injustiça do BBB20

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

De acordo com os internautas, a maior injustiça cometida ao longo dos 98 dias de confinamento foi Manu Gavassi ter vencido o paredão do bilhão contra Felipe Prior. A opção teve 36,58% dos votos.

O arquiteto foi o décimo eliminado em uma disputa que também envolveu Mari Gonzalez. A berlinda se formou depois que Prior foi indicado pela então Líder, Gizelly. Com o poder do contra-golpe, Prior "puxou" Manu, que foi para a prova Bate e Volta.

Na prova do "porquinho premiado", Manu disputou a sorte ao lado de Gabi, Flayslane e Mari. As duas primeiras se salvam.

O paredão contou com 1,5 bilhão de votos, indo parar no Guiness Book, o Livro dos Recordes.

Maior barraco

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Essa foi de lavada: 55,01% dos internautas escolheram como o maior barraco a opção Hadson vs mulheres.

Tudo aconteceu após pouco mais de 10 dias de programa. O plano disseminado por Hadson ficou conhecido como o Teste de Fidelidade.

A premissa era simples: fazer com que as mulheres comprometidas do programa traíssem seus parceiros e se queimassem com o público aqui fora.

O tiro saiu pela culatra e Hadson foi eliminado na terceira semana, com 80% dos votos contra Prior, em um dos únicos paredões duplos da temporada.

Amizade sincera

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Também de lavada, o público do NaTelinha determinou com 51,23% que a amizade mais verdadeira do BBB20 foi entre Rafa e Manu.

As duas entraram como convidadas e se aproximaram bastante depois do Teste de Fidelidade.

Com o passar dos dias, a amizade foi ficando cada vez mais forte e se tornaram inseparáveis, chegando juntas na grande final. Manu acabou em terceiro lugar e Rafa, em segundo.

Fã-clube mais engajado

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

As Gavassiers, fãs de Manu, também venceram mais uma com 51,41% dos votos.

Com mais de 13 milhões de seguidores atualmente, a ex-sister foi uma das protagonistas do paredão do bilhão que eliminou Prior, certamento com mutirões armados pelos seus fã-clubes.

Vencedor moral

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Nesta, a disputa foi apertada entre Babu e Prior. No entanto, o ator venceu com um placar de 28,03% a 27,53% dos votos e, segundo os internautas do NaTelinha, foi o vencedor moral.

Sem ter vencido nenhuma prova do Líder ou ter conseguido uma imunidade, Babu foi a 10 paredões. Não sobreviveu ao último e ficou em quarto lugar.

O intérprete de Tim Maia, no entanto, foi o segundo brother a vencer a Prova do Anjo, em 31 de janeiro. A única.

Maior decepção

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

36,19% dos internautas elegeram Marcela como a maior decepção.

A obstetra era uma das favoritas com duas semanas de programa, mas viu tudo isso ruir após a chegada de Ivy e Daniel, da Casa de Vidro.

Munidos de informações externas, espalharam a notícia de que Marcela já possuía dois milhões de seguidores e era querida pelo público.

A loira se envolveu com o ator gaúcho e passou a ser acusada de "passar pano" e abandonar as amigas.

Melhor prova

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Nesta categoria, a Prova de Resistência vencida por Thelma, como a quarta mais longa da história, foi eleita com 40,51% dos votos.

Ela venceu de Mari, a penúltima a abandonar a prova, que ficou somente com a imunidade. No final, foi a campeã do reality.

Pior prova

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Uma das categorias mais disputadas. Segundo o público do NaTelinha, com 27,08%, a pior prova foi a do Anjo na terceira semana.

A disputa que consagrou Lucas (e autoimune) consistia em distribuir bolinhas verdes para quem gostava, brancas para quem era indiferente, e vermelhas para quem não gostava.

Quem recebesse mais bolinhas, independente da cor, era o novo Anjo.

A Prova das Bolinhas, na visão de alguns, premiou a pessoa que os moradores não gostavam.

Maior influenciador digital

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Manu Gavassi venceu fácil: 41,65% dos votos.

Terceira colocada e levando R$ 50 mil para casa, a ex-sister saltou de 4 milhões para mais de 13 milhões de seguidores ao fim do BBB. E segue crescendo.

Lotando suas redes sociais de vídeos para cada ocasião no programa, o público ficava atônito pelos seus conteúdos.

Surtado da temporada

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Felipe Prior ganhou com sobras seus companheiros e conquistou 56,87% dos votos.

O brother brigou com algumas mulheres da casa, Daniel e até com Babu nos seus últimos dias de confinamento.

Pilhado, Prior foi um dos favoritos ao prêmio pelo seu jeito autêntico e sincero, mas foi eliminado por Manu, numa grande união de torcidas.

Planta da edição

Maior injustiça, barraco e vencedor moral: Quem levou o Prêmio BBB20

Em uma disputa apertada contra Gabi Martins (34,61% a 33,90%), Victor Hugo é quem ganhou um dos títulos mais ofensivos para quem participar do Big Brother.

Flutuante no jogo e acusado de pombo-correio ou leva e traz, Victor Hugo saiu com mais de 85% de rejeição em um paredão triplo contra Babu e Manu. O recorde do ano.

Em 2021 tem mais Big Brother Brasil. Estaremos de olho!

TAGS:
Mais Notícias