Polêmica

BBB20: Conversa sobre zoofilia entre Mari e Felipe pode ser investigada pelo MPF

Deputado de São Paulo vai entrar com representação

BBB20: Conversa sobre zoofilia entre Mari e Felipe pode ser investigada pelo MPF
Deputado Bruno, Mari e Felipe - Foto: Montagem/Reprodução

Publicado em 27/01/2020 às 16:19:17

Por: Redação NT

Na tarde do último domingo (26), uma conversa no BBB20 entre Mari Gonzalez e Felipe Prior acabou gerando uma grande repercussão nas redes sociais. Os dois participantes acabaram falando sobre zoofilia, que trata-se do envolvimento sexual humano com animais, o que revoltou os internautas.

Rapidamente, uma campanha ganhou espaço na web destacando que a prática é criminosa e pedindo apuração sobre o caso. Já nesta segunda-feira (27), o delegado e deputado estadual por São Paulo, Bruno Lima, revelou em seu perfil do Instagram que entrará com uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro.

"Após esse triste episódio do 'BBB20', em que batem um papo sobre zoofilia, nossa equipe está estudando as medidas legais do que podemos fazer para não ficarmos só na teoria. Provavelmente vamos fazer uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro para apurarem os fatos. Zoofilia é crime, não é normal. Queria vê-los fazendo resgate de animal estuprado e falarem que é normal", disse Bruno.

Pouco depois, a publicação foi removida e o deputado explicou o motivo. "NOSSO ÚLTIMO POST FOI EXCLUÍDO?? A publicação referente ao diálogo sobre Zoofilia no BBB, foi removida pelo Instagram. O argumento é que viola as políticas da rede social. NÃO podemos deixar que esse assunto entre no esquecimento! Já realizei milhares de resgates, dentre eles, de animais abusados sexualmente como essa cadelinha da foto. É triste demais o estado do animal após agressão, ficam totalmente coagidos e muito machucados! Zoofilia JAMAIS SERÁ NORMAL", comentou.

Mari e Felipe falam sobre zoofilia no BBB20

Enquanto os confinados estavam à beira da piscina, Felipe revelou que muitos de seus colegas de trabalho já afirmaram ter cometido zoofilia. "Os peões da obra falaram que no Nordeste mandavam bala. Meu funcionário diz que chega na obra e fala 'quem nunca deu um talento na cabrinha', os caras dizem que a cabra até grita o nome", afirmou Felipe. Mari então questionou se esses homens usavam preservativo, e o brother disse que eles não tinham esse tipo de proteção.

A famosa então decidiu opinar à respeito do tema, normalizando o ato. "Tem gente que fica excitada mesmo. É anormal para nós, mas é normal para a pessoa e tudo bem também se a pessoa quer comer (no sentido sexual) um animal", disparou.

Rapidamente, a conversa começou a receber muitas críticas, em especial a parte citada por Mari.

TAGS:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!