Fora do "Pânico", Lucas Salles destaca força do time: ficam em hotel com rato

Humorista deixa programa após um ano e fala do orgulho em ter feito parte

Foto: Divulgação

Publicado em 09/02/2017 às 15:50:50

Por: Sandro Nascimento

Após um ano como integrante, o humorista Lucas Salles deixou o elenco do "Pânico na Band". Sua saída faz parte do processo de renovação que os diretores do programa buscam para 2017.

"A gente já estava conversando desde o ano passado. Foi uma decisão conjunta. Eu quero fazer uma coisa diferente e eles querem fazer um programa diferente. A minha validade no 'Pânico' foi de um ano e foi maravilhoso. A gente sabia da dificuldade do Ibope, o 'Pânico' está no ar há 14 anos, é muito difícil se reinventar e eles fazem isso para valer, se reúnem toda sexta-feira em busca de novidades", conta Lucas Salles com exclusividade ao NaTelinha.

Segundo o humorista de 23 anos, trabalhar no "Pânico" é difícil e precisa de dedicação. "Teve uma matéria que eu fiz com o Vesgo que ficamos oito horas na rua, tudo para fazer a cobertura do Eduardo Cunha. Trabalhar é muito mais difícil do que todo mundo pensa, tem que se dedicar muito. Eu defendo o 'Pânico' porque é muito difícil fazer humor e principalmente um programa que está há 14 anos no ar", explica.

Lucas Salles revela que mesmo com toda a dificuldade de verba na produção, o "Pânico" consegue viralizar seu conteúdo e disputar a audiência. "Eu respeito muito o 'Pânico' pelo que ele é e pelo que ele foi. Eles têm pouco dinheiro de produção e os repórteres vão para o exterior e ficam em hotel duas estrelas onde passa barata e rato. O hotel fica há duas horas de onde vamos ter a gravação, mas porque é mais barato. O que o 'Pânico' foi, representou muito na minha adolescência", diz.

Ao ser questionado sobre seu sentimento em sair do elenco do programa, o humorista respondeu: "Estou super feliz. Ter feito parte do programa pra mim já um presente. Eu tenho 23 anos de idade e tive a honra de trabalhar num programa que eu assistia quando tinha 15. Olha que f... isso. Uma coisa que vou contar para meus netos. Pra mim é uma vitória, uma conquista, um troféu. Eu dei o meu melhor. Eu fiz coisas incríveis lá dentro. Eu cobri o impeachment da Dilma, algo que vou guardar pra sempre na minha memória. Eu não fecho uma porta, eu apenas encerro um ciclo na minha vida".

Salles ainda afasta qualquer rixa entre os integrantes do "Pânico" e do "Encrenca" da RedeTV!. "Não existe. Sou amigo do Dennys (Motta). A concorrência ajuda a melhorar o produto, faz bem", comenta.

Ele diz não ter competência para opinar sobre os melhores caminhos para renovação do "Pânico", mas arrisca um palpite: "Poderia resgatar alguns quadros que fizeram sucesso. Eu particularmente adoraria o Amaury Dumbo de volta. O programa poderia resgatar o trash. O 'Pânico' é muito importante para TV brasileira e mudou a forma de ver televisão".

Antes de ser integrante do "Pânico", Lucas Salles foi repórter do "CQC", extinto pela Band em 2015. Sobre seu futuro, o jovem profissional revela: "Eu só quero fazer bem feito qualquer coisa que tenha a ver com área de entretenimento. Minha ambição na vida é olhar pra trás e não me arrepender de nada", finaliza.



COMENTÁRIOS

Fechar X