"Pânico na Band" estanca queda no Ibope em 2016, mas sofre com o "Encrenca"

"Pânico na Band": programa sofreu com concorrência do "Encrenca" mas manteve Ibope estável - Divulgação/Band

Publicado em 29/12/2016 às 10:15:31

Por: Sem autor

Entrando numa grande renovação para o ano de 2017, o "Pânico na Band" encerrou 2016 com índices de audiência medianos.
 
Segundo levantamento exclusivo feito pelo NaTelinha com base no Ibope da Grande São Paulo, neste ano, o programa humorístico comandado por Emílio Surita teve média geral de 5,8 pontos.
 
Em 2015, a média foi de 5,7 pontos - praticamente estável, crescendo apenas 0,1 ponto. Neste ano também, o "Pânico" bateu seu recorde de Ibope nos últimos três anos - no dia 5 de junho, marcou 8,5 pontos com picos de 11.
 
O problema é justamente em um fato: o programa não mantém o pique. No primeiro semestre - de janeiro a junho - sua média foi de 6,7 pontos de audiência. No segundo, caiu bastante - de julho até dezembro, foram apenas 4,9 pontos.
 
Além disso, o programa perdeu muitos confrontos para o "Encrenca". Em 50 enfrentamentos, o "Encrenca" ganhou 47 e o "Pânico" apenas 3 vezes do concorrente. Na média anual, o "Encrenca" teve 5,2 pontos, mas foi bem mais regular e constante.
 
Para o próximo ano, o "Pânico na Band" deverá ter grandes mudanças. O diretor Alan Rapp já saiu da atração e foi substituído por Marcelo Nascimento, ex-diretor do "Superpop", da RedeTV!.
 
Alice Riscado também já anunciou sua saída da atração. No elenco, quem também deve sair é Mari Baianinha, Júlio Coccielo e Diego Becker. Os outros membros - Lucas Salles, Fábio Rabin e Fernanda Lacerda, a Mendigata - ainda estão com futuro indefinido.
 
Estão garantidos no programa apenas Márvio Lúcio, o Carioca, Marcos Chiesa, o Bola, Rodrigo Scarpa, o Vesgo, Gui Santana e Daniel Zukerman, que já renovaram contrato.
 
 
A nova temporada do "Pânico na Band" estrará no início de fevereiro. Até lá, o programa exibe conteúdo inédito já gravado anteriormente.
 


COMENTÁRIOS