Reportar erro
Pouca renda

Beiçola de A Grande Família desabafa sobre dificuldade financeira: "Não gosto de esmola"

Marcos Oliveira participou do Melhor da Tarde e falou dos problemas na pandemia

Marcos Oliveira, o Beiçola, no Melhor da Tarde com Cátia Fonseca
Ator que interpretou Beiçola participou do Melhor da Tarde - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 30/04/2021 às 15:17:00,
atualizado em 30/04/2021 às 15:18:15

Marcos Oliveira, conhecido por ter interpretado o personagem Beiçola em A Grande Família (2001-2014), desabafou sobre as dificuldades financeiras que vem enfrentando durante a pandemia. Em entrevista ao Melhor da Tarde, nesta sexta-feira (30), o ator contou para Cátia Fonseca que tem recebido ajuda de amigos, mas que não gosta de viver de “caridade” e seu desejo é voltar a trabalhar.

“Não gosto muito dessa coisa de esmola, não é legal. Não vim ao mundo pra viver de alface, de viver de salada. Eu quero produzir, eu preciso trabalhar. Já tomei a primeira dose, vou tomar a segunda. Mas queria que todos tomassem para a gente poder produzir, mas os caras [o governo] não querem. É uma loucura”, afirmou.

Ele relatou que não quer mais pedir dinheiro aos seus amigos e seu principal objetivo é trabalhar. Durante a pandemia, o artista não tem tido muitas oportunidades, mas conseguiu alguns “bicos” para arranjar uma renda.

“Trabalhar é minha alma, não aguento mais pedir ‘me vê uns R$ 500,00, uns R$ 600,00. Tô fazendo locução, um amigo meu do Paraná que me ajudou a fazer uma locução. Tô com o Ruan, um produtor aqui do Rio, que me ajudou a fazer uns merchan (sic)”, declarou.

“Tem um amigo que me ajuda lá de Portugal com dinheiro. As pessoas estão me ajudando, mas chegou num limite que não dá mais, entendeu? Tenho eu e minhas três cachorras, que eu não me livro de jeito nenhum. Vou pra debaixo da ponte, mas vou com as minhas filhas. Não vou abandonar elas”, acrescentou ele.

Intérprete de Beiçola e a velhice

Marcos Oliveira, intérprete de Beiçola, tem 69 anos e ele disse que a falta de oportunidades tem a ver um pouco por ele ser velho. “Um é o problema da idade, que é fundamental. Vai afunilando e velho não tem oportunidade”, lamentou.

“Aposentou é pra morrer, é um desejo de gente deste país, porque é menos aposentadoria que tem pra pagar. O próprio Paulo [Guedes] lá, o anãozinho da economia, falou: ‘por que a gente tem que viver muito?’. Ele quer que a gente morra, é o objetivo deles, porque guarda mais dinheiro no INSS e depois pode distribuir o dinheiro entre eles”, completou.

Carreira de Marcos Oliveira

Beiçola de A Grande Família desabafa sobre dificuldade financeira: \"Não gosto de esmola\"

Na TV, Marcos Oliveira interpretou o pasteleiro Beiçola, vizinho dos Silva em A Grande Família. O personagem, que esteve na série da Globo por 13 anos, tinha uma paixão platônica pela matriarca Dona Nenê, vivida por Marieta Severo.

Ele também atuou em novelas, como Liberdade, Liberdade (2016), em que viveu Dimas Tenório, um conspirador que assumia a identidade do Padre Vizeu. Em Deus Salve o Rei (2018), ele foi Heráclito, um marquês homossexual e tio de Lucrécia, papel de Tatá Werneck.

Mais Notícias