Exclusivo

Beiçola de "A Grande Família" volta ao teatro após 14 anos: "retomar a vida e a carreira"

Marcos Oliveira estreia neste sábado o espetáculo "Evolução", no Rio

 Beiçola de "A Grande Família" volta ao teatro após 14 anos: "retomar a vida e a carreira"
Divulgação

Sandro Nascimento

Publicado em 11/01 às 13:04:37

O ator Marcos Oliveira, que ganhou projeção nacional através do personagem Beiçola do seriado "A Grande Família", da Globo, retorna ao teatro neste sábado (12) após 14 anos de televisão.

continua depois da publicidade

O monólogo "Evolução" é de autoria do próprio ator, que narra a evolução da humanidade de forma bem humorada.

"Eu estou emocionando, contente e ansioso por essa minha volta ao teatro. É uma peça que eu escrevi e estou produzindo junto com a Marina Gil, que é minha amiga e parceira. Vamos que vamos, gente acreditando no amanhã e no agora. Nós temos que trabalhar e pensar no futuro. Tudo, tudo está sendo muito bom. Retomar uma vida, retomar uma carreira, retomar um trabalho e ser ator, como eu era antes", comemorou Marcos Oliveira ao NaTelinha.

continua depois da publicidade

Com 65 anos, ele começou a carreira no teatro na década de 70. Na televisão, sua estreia foi em 1989, na novela "Kananga do Japão", escrita por Wilson Aguiar Filho na extinta Rede Manchete. Mas foi em 2001, quando entrou para o elenco de "A Grande Família" como o Beiçola, que ganhou fama. O seriado teve 14 temporadas num total de 485 episódios.

Sobre a volta das histórias da família de Dona Nenê (Marieta Severo) e Lineu (Marco Nanini) a partir do dia 21 nas tardes da Globo, Marcos Oliveira conta que está feliz com a reprise, e justificou: "foi um trabalho lindo que me preencheu por 14 anos. Mas agora meu foco está no teatro e nesse projeto idealizando por dois anos. E que colocar em prática faz com que ele se realize ainda mais".

continua depois da publicidade

"Evolução", que marca a volta de Marcos Oliveira ao teatro, é uma comédia que ficará em cartaz até o dia 04 de fevereiro no espaço Cultural Municipal Sérgio Porto, zona sul do Rio de Janeiro.

"Quando resolvi escrever esse monólogo, tinha vários assuntos que me interessavam falar, mas havia uma indagação que me inquietava: a forma como vemos o mundo e nossa evolução nele. Comecei a me questionar sobre a nossa tão sofrida e esplêndida evolução, desde os primórdios até os dias atuais. Então pensei em uma narrativa dinâmica, com reflexões engraçadas, mas nem por isso rasas. Queria levantar assuntos considerados tabus, mas de forma muito natural, profunda e brincalhona. Nos levando a pensar e rir da nossa própria vida e existência", contou o ator.

continua depois da publicidade

Atualmente, para Marcos Oliveira "o importante é viver num país que a gente não sabe o que vai ser. Que nós artistas, tragamos a alegria pra as pessoas e que seja sempre assim".

Serviço

As apresentações do espetáculo "Evolução" acontecem aos sábados, domingos e segundas, às 21h. Os ingressos custam 25 reais a meia. O espaço Cultural Municipal Sérgio Porto fica localizado na Rua Humaitá, 163, Humaitá, Rio de Janeiro.

continua depois da publicidade