Reportar erro
Ao vivo

Jornal Nacional cita dados errados sobre Covid-19 e volta atrás

Renata Vasconcellos consertou informações, minutos depois

Renata Vasconcellos apresentando o Jornal Nacional
Jornal Nacional cometeu erros ao vivo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 26/03/2021 às 23:00:00

Durante o Jornal Nacional desta sexta-feira (26), Fábio Turci apresentou os dados sobre o panorama da pandemia da Covid-19 no Brasil. Na transmissão, o repórter afirmou que a média móvel dos casos no Brasil havia batido um novo recorde, com 75.759 casos. Outro dado que o jornalista trouxe foi sobre a quantidade de pessoas vacinadas contra a doença nas últimas 24h.

Contudo, ao falar sobre o dado (806.643), aparecia outro número na tela (808.643). Minutos depois, Renata Vasconcellos pediu desculpas pelos erros e consertou as informações.

"Uma correção: No quadro sobre a pandemia no Brasil, dissemos que a média móvel de casos bateu um novo recorde, mas a informação não está correta, não é um novo recorde. Sobre o número de pessoas vacinadas nas últimas 24h, o número correto estava aparecendo na tela, 808.643, pedimos desculpas pelos erros", apontou Renata.

Recentemente, Ana Luiza Guimarães, que faz parte do rodízio de apresentadores do Jornal Nacional, lamentou a morte do marido, Do Figueira. A jornalista fez um desabafo sem detalhes sobre os motivos do falecimento.

"O amor da minha vida foi embora. Vou te amar pra sempre meu Zuzi. Descansa, meu lindo. A gente se encontra no céu", escreveu na legenda de uma foto onde os dois aparecem juntos. Por meio dos comentários, muitos jornalistas deixaram suas mensagens de conforto, como Susana Naspolini, Anne Lottermann e Silvana Ramiro.

Jornal Nacional conquista melhor audiência de 2021

O Jornal Nacional conquistou a melhor audiência em 2021 na quinta-feira (18). O telejornal atingiu alto desempenho ao repercutir a morte do senador Major Olímpio (1962-2021) e também se beneficiou com o resultado positivo da faixa nobre da Globo.

Além da atração comandada por William Bonner e Renata Vasconcellos, Haja Coração (2016), SP1 e A Vida da Gente (2011-2012) também quebraram recordes.



Mais Notícias