Reportar erro
"Moscou Urgente"

Datena exibe sua versão "comunista" e admite: "Fiquei melhor de vermelho"

Apresentador da Band virou meme após recusar entrevista com Bolsonaro

José Luiz Datena
José Luiz Datena exibe sua versão "comunista" no Brasil Urgente
Paulo Pacheco

Publicado em 28/05/2020 às 17:38:26

José Luiz Datena  (veja vídeo no final da matéria) virou "comunista" nas redes sociais após se recusar a entrevistar o presidente Jair Bolsonaro, e nesta quinta-feira (28) exibiu um de seus memes: "Moscou Urgente", versão socialista do Brasil Urgente.

Na montagem, Datena aparece vestindo vermelho e o título do programa (referente à capital russa) tem a foice e o martelo, símbolos do comunismo. O apresentador mostrou ao vivo a montagem quando criticava Bolsonaro pela declaração contra a operação da Polícia Federal contra produtores de fake news.

"Quando você é a favor do presidente, o cara fala que você é ultrarreacionário. ‘Ah, o Datena é ultrarreacionário, é de direita!’. O presidente acha normal isso aqui que sai na rede social? 'Moscou Urgente'! O senhor acha legal isso aqui, presidente? Quem produz isso aqui? É gente decente da rede social? Hein, presidente? O senhor acha que sou comunista? O senhor acha que passou pela minha cabeça ser comunista? Evidente que não!", afirmou Datena.

"Quando eu entrevistava o senhor, presidente, todo mundo dizia que eu era reacionário e da direita. O senhor acha que isso aqui é uma coisa correta? Se o senhor acha que é liberdade de expressão o cara me chamar de comunista sem embasamento absolutamente nenhum para isso", prosseguiu o apresentador, rebatendo a fala do presidente comparando a operação contra fake news  a um ataque à liberdade de expressão. 

Mais calmo, Datena observou a montagem com atenção e até achou bonitinha: "Se bem que eu vou contar uma coisa, ficou até bom, eu mudaria inclusive as cores do programa, eu mudaria, o vermelho. Queria agradecer ao cara que fez isso porque ficou legal. Combina mais, fiquei muito melhor de vermelho".

Na sequência, Datena voltou a esbravejar imitando a reação de Bolsonaro contra jornalistas: "Tira essa bobagem do ar. Não sou comunista porcaria nenhuma, não sou de direita porcaria nenhuma e não sou de centro porcaria nenhuma. Eu sou pela Constituição que vocês rasgam toda hora, que jogam no lixo toda hora".

Mais Notícias