Gazeta Esportiva

Gazeta demite repórter após ele expor medo do coronavírus: "Surpreso e chateado"

O jornalista Alexandre Silvestre fazia parte do Gazeta Esportiva e do Mesa Redonda

Gazeta demite repórter após ele expor medo do coronavírus:
Reprodução/TV Gazeta

Publicado em 25/03/2020 às 17:39:49 ,
atualizado em 25/03/2020 às 17:39:55

Por: Sandro Nascimento

Após tira do ar o Gazeta Esportiva para a cobertura do coronavírus, a TV Gazeta demitiu o repórter Alexandre Silvestre, 47, que estava na emissora há 15 anos. Sua saída ocorre após ele ter demonstrando à direção de jornalismo preocupação de ficar exposto ao vírus na rua.

Ao NaTelinha, Alexandre Silvestre destacou que não se negou a fazer matérias sobre o coronavírus, e completou: "Eu ponderei e debati com a chefia a respeito do tema, antes da externa. Chegamos a um denominador comum e realizei a reportagem, entregando meus 100 por cento como de hábito".

O repórter esportivo continuou: "O motivo oficial da minha demissão, segundo a direção: eu não teria me adaptado ao novo formato do programa que entrou provisoriamente no ar no lugar do Gazeta Esportiva".

Desde segunda-feira (23), provisoriamente, a atração foi substituída pelo Plantão de Saúde na programação da Gazeta. O novo programa ficará no ar enquanto os campeonatos de futebol permanecerem suspensos por conta do coronavírus. A nova atração de jornalismo foi criada para abordar a pandemia.

Reconhecido no jornalismo esportivo, Alexandre Silvestre está na Gazeta desde 2005. Na emissora, produzia reportagens para o Mesa Redonda e o Gazeta Esportiva, e no último ano vinha ganhando espaço ao lados dos comentaristas da bancada. Além disso, ele comandou o Show de Bola no canal do YouTube da emissora. Alexandre Silvestre é neto do apresentador Jota Silvestre (1922 - 2000). 

Procurada sobre a demissão do jornalista, a emissora enviou a seguinte resposta: "A TV Gazeta informa que o repórter Alexandre Silvestre foi afastado do quadro de colaboradores devido a paralisação dos eventos esportivos no Brasil e no Mundo que, consequentemente, ocasionaram a interrupção temporária dos programas do segmento na grade da emissora".

"Surpreso e chateado", diz Alexandre Silvestre

Sobre sua saída da TV Gazeta, à reportagem, Silvestre encaminhou o seguinte comunicado: "Fiquei muito surpreso e chateado pelo desligamento repentino. Trabalhava na Gazeta há 15 anos. Com muita luta, lealdade e criatividade, desenvolvi meu estilo e conquistei minha posição no time. Sentia-me em casa, querido e respeitado. Nunca tive tanta liberdade para colocar minhas ideias em prática.

Vivia o melhor momento da minha carreira. Estava envolvido em projetos promissores e conquistava espaços novos no depto de esportes (na TV, no site, nas redes sociais).

Assisto à Gazeta desde as fraldas e tive o privilégio de ser um dos protagonistas do Gazeta Esportiva e do Mesa Redonda por uma década e meia, ao lado de monstros sagrados da imprensa esportiva.

Agradeço aqueles que se relacionaram comigo, do porteiro ao superintendente.  Fui intenso em tudo que realizei na Fundação Cásper Líbero. Suei bem essa camisa e a guardo com carinho. Saio pela mesma porta que entrei - a da frente".

Em seu perfil no Instagram, na última terça-feira (24), Alexandre Silvestre anunciou sua saída da emissora: "...Em tempos de #pandemia, diria que meu ciclo acabou. Entrei em quarentena. Meu contato com a @fundacaocasperlibero fica um pouco distante agora, mais que os 2 metros recomendados de pessoa para pessoas. É do jogo, é da vida. Cedo ou tarde a "crise" passa, a cura chega e a bola volta a rolar...melhor que antes...".




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!