Reportar erro
Respeito

Rodrigo Santoro relembra personagem trans e elogia Drauzio Varella: "Humanidade"

Ator parabenizou o trabalho do médico e compartilhou reportagem do Fantástico

Rodrigo Santoro
Rodrigo Santoro no filme Carandiru - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 03/03/2020 às 14:50:00

Rodrigo Santoro, na noite da última segunda-feira (2), publicou um texto elogiando Drauzio Varella por conta de uma reportagem que o médico protagonizou no Fantástico no domingo (1), no qual foi falado sobre a situação das pessoas trans que vivem em presídios de São Paulo.

O ator deu vida à personagem Lady Di, uma transexual do filme Carandiru, produzido em 2002. O longa-metragem foi baseado no livro de Varella, alcançando grande sucesso de público e repercussão no Brasil.

Rodrigo Santoro postou um trecho da reportagem na sua conta do Instagram e destacou que o médico é uma pessoa generosa, inteligente e capaz de ensinar lições aos espectadores.

“Antes de viver Lady Di em Carandiru no cinema, foi preciso mergulhar no universo da personagem. Caminhei pelas ruas à noite, sobretudo em Copacabana, e costumava dizer, na época, que tinha entendido o que Héctor Babenco, diretor do filme, estava querendo de mim: alguém sem julgamentos e com muita humanidade pra enxergar a essência de todas aquelas histórias diversas", escreveu o artista.

“Assistindo a essa reportagem sobre as detentas trans e travestis em São Paulo com Drauzio Varella, autor do livro que inspirou o filme, relembro tudo que aprendi e posso ver ali nas conversas essa humanidade e generosidade que vêm dele não só pra ouvir as histórias, mas também para ensiná-las pra nós. E vamos guardar mais essa lição. Obrigado, Drauzio. O seu trabalho sempre foi e segue sendo precioso”, acrescentou.

Reportagem com Drauzio Varella repercute

Após a exibição da reportagem no Fantástico, o nome do doutor Drauzio Varella se tornou um dos mais comentados no Twitter, entrando nos trending topics. Muitos internautas parabenizaram o trabalho do médico e ressaltaram a importância de debater o tema sobre a situação que vivem as pessoas trans no Brasil.

Confira abaixo a repercussão:

Mais Notícias