Despedida

Ratinho homenageia Gugu Liberato e se emociona: "Tristeza para o Brasil"

Apresentador falou do ex-colega na última segunda (25)

Ratinho homenageia Gugu Liberato e se emociona:
Ratinho ao lado de Gugu Liberato - Foto: Reprodução/SBT

Publicado em 26/11/2019 às 09:30:00 ,
atualizado em 26/11/2019 às 09:49:53

Por: Redação NT

O apresentador Ratinho homenageou Gugu Liberato no final da edição do seu programa da última segunda-feira (25). Ele lamentou o falecimento do seu colega de profissão e se emocionou ao falar do impacto que sentiu ao saber da notícia do acidente e da morte.

“É um assunto muito triste. Eu acho que já sofremos, eu estou sofrendo desde quinta-feira (21). Por mais que a gente tente segurar, a gente não consegue segurar, porque ele era um bom amigo, um bom colega, durante 20 anos de convivência aqui e depois na Record, a gente sempre se encontrando no Jassa. É uma tristeza muito grande, uma tristeza para o Brasil”, afirmou.

“Mas a vida continua e a gente sabe que ele está num bom lugar, porque a gente acredita em Deus, a gente acredita numa força maior, que tem outro lugar e, tenho certeza que pela bondade do Gugu, ele está nesse lugar. Boa noite, Gugu. Até breve!”, encerrou o comunicador.

Ratinho e Gugu foram colegas de emissora durante 11 anos, já que o jornalista Carlos Massa chegou ao SBT em 1998 após fazer muito sucesso na Record. Eles se encontraram diversas vezes no ar tanto no Domingo Legal quanto no Programa do Ratinho e até mesmo nas edições do Teleton.

Em setembro do ano passado, o apresentador negou qualquer inimizade com Liberato e deixou claro que nutria um enorme carinho pelo ex-colega. “Tem gente que pensa que o Gugu e eu somos adversários. Eu adoro o Gugu, meu grande amigo, me incentivou”, declarou em entrevista ao Programa do Porchat.

Morte de Gugu Liberato

Gugu caiu de uma altura de quatro metros e bateu a cabeça numa quina, após subir no sótão de sua casa em Orlando, Estados Unidos, para verificar o ar-condicionado. 

Ele foi levado às pressas para o hospital, mas não resistiu, tendo morte encefálica.

A família do apresentador decidiu seguir um desejo dele e doou seus órgãos que beneficiará cerca de 50 pessoas. O corpo do comunicador deve chegar ao Brasil entre quarta (27) e quinta (28) e o velório acontecerá na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O apresentador deixa três filhos, João Augusto, 17, e as gêmeas Sofia e Maria, de 15.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!