Ibope

Em 1997, Gugu venceu Faustão e Roberto Carlos com sapo que latia

Nem o Rei conseguiu barrar o sucesso do Domingo Legal, no SBT

Em 1997, Gugu venceu Faustão e Roberto Carlos com sapo que latia
Gugu garantiu liderança para o SBT nos anos 1990 em briga com Faustão (Foto: SBT/Divulgação)

Publicado em 23/11/2019 às 16:01:00 ,
atualizado em 23/11/2019 às 16:32:29

Por: Walter Felix

Morto aos 60 anos, vítima de um acidente doméstico na última quarta-feira (20), Gugu Liberato foi um fenômeno de audiência para o SBT nos anos 1990. Com atrações muito populares, seu Domingo Legal foi algoz da Globo por longos anos.

Em dezembro de 1997, quando a guerra pelo Ibope estava acirrada como nunca antes, a atração do SBT exibiu um sapo que latia e conseguiu vencer a participação de Roberto Carlos no Domingão do Faustão.

Naquele dia, Gugu vencia seu principal concorrente pelo sétimo domingo consecutivo. Ao exibir o sapo que emitia som parecido com o de um cachorro, o Domingo Legal alcançou picos de 24 pontos contra 16 do programa comandado por Fausto Silva. Cada ponto equivalia a cerca de 80 mil telespectadores na Grande São Paulo.

Reportagem da Folha, que destacava a vitória de Gugu no Ibope, explicou que o fenômeno é comum e ocorre em grande parte das espécies de sapos e rãs. O animal, na verdade, emitia um canto de angústia, decorrente de situações de estresse, para assustar predadores.

Gugu fez Globo acender alerta vermelho

A presença de Roberto Carlos no programa dominical era a aposta da Globo para barrar o campeão de audiência do SBT. O rei ficou mais de uma hora no ar, dando entrevista e relembrando antigos sucessos. De nada adiantou: a derrota foi homérica. Durante toda a competição, das 15 às 19h, a média foi de 22 para Gugu, contra 15 de Faustão.

No palco do Domingo Legal, também se apresentaram nomes de peso para a época: o grupo baiano É o Tchan e a ex-integrante Carla Perez, além da dupla Claudinho & Buchecha - artistas que figuravam no topo das paradas de 1997.

Episódios como esse fizeram a Globo acender alerta vermelho e apelar para atrações mais populares. Errou a mão algumas vezes, como quando colocou no ar, sem sucesso, o "sushi erótico", em que elenco da emissora retirava a iguaria japonesa do corpo de mulheres seminuas. O episódio é até hoje lembrado como um dos mais apelativos na TV.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!