Paciência zero

Rodrigo Bocardi perde a paciência com telespectador e dispara: "Piada é você"

Jornalista não gostou do deboche do internauta


Rodrigo Bocardi
Rodrigo Bocardi no Bom Dia SP - Foto: Reprodução/Globo

No Bom Dia São Paulo desta quinta-feira (21), foi exibido uma reportagem sobre descarte irregular de lixo e o apresentador Rodrigo Bocardi respondeu de maneira dura o comentário de um internauta. O espectador falou que era piada o conselho dado pelo jornalista e o global não se calou.

O âncora do telejornal explicou que os moradores tinham responsabilidade em guardar o lixo em casa enquanto não acontecesse a coleta, só que algumas pessoas que assistiam ao programa não concordaram e criticaram o posicionamento de Bocardi, que leu os comentários ao vivo.

“Estou lendo e respondendo mensagens aqui no Twitter. O Emerson de São Bernardo escreveu: 'o povo é sem educação, porém guardar o lixo em casa é piada hein Bocardi'. Foi o que eu disse, guarda sim em casa”, falou o apresentador, ressaltando novamente a sua resposta.

“Respondi ele agora. Coloquei 'ué, você não faz isso? Guarda na mochila, na bolsa, guarda em casa até passar a coleta, até colocar no local certo'. Eu acredito nisso”, comentou.

Porém, o momento mais duro aconteceu em seguida, quando Rodrigo deixou claro que não gostou do posicionamento do telespectador. “Agora você dizer que guardar em casa é piada. Me desculpa, mas piada é você que não está respeitando o resto da população, essa é a verdade”, disparou.

Bocardi leu outro comentário que não gostou da opinião dele, afirmando que é irreal que as pessoas guardem lixo em casa. Natalia Ariede, que também participou do Bom Dia São Paulo, quis explicar o episódio. “Não é guardar, colecionar. É esperar o momento certo. Até lá é sua responsabilidade”.

Rodrigo Bocardi continuou

Rodrigo Bocardi perde a paciência com telespectador e dispara: \"Piada é você\"

O jornalista continuou falando da pauta e fez questão de alertar a população sobre a importância de cuidar do lixo, não poluído a cidade.

“É importante que as pessoas controlem esse lixo dentro de casa, e por mais que as pessoas digam que não têm espaço, o lixo é resultado daquilo que já havia dentro da casa. O espaço é o mesmo, então é só controlar e esperar o dia”, comentou.

“Talvez essa parte da população não tenha tido acesso à educação, às vezes nem porque não quiseram, mas é triste, se a gente tivesse um pouco mais de educação, talvez a gente levasse flores para plantar naquelas floreiras, e não sacos de lixo”, opinou Bocardi.

Mais Notícias