Sensacionalista?

"Cidade Alerta" fica muito tempo numa reportagem e é detonado na web: "Insuportável"

Programa é chamado de sensacionalista por aproveitar uma reportagem

Luiz Bacci acompanhando um caso por horas e horas no "Cidade Alerta". Foto: Reprodução

Publicado em 02/09/2019 às 19:50:22 ,
atualizado em 02/09/2019 às 22:42:13

Por: Redação NT

O "Cidade Alerta" foi parar nos assuntos mais comentados das redes sociais e não foi com elogios. É que o programa apresentado por Luiz Bacci na Record foi acusado de explorar exageradamente o caso de uma adolescente que teria de escolher ficar com o pai, recém solto da prisão, ou com a mãe. 

Nas redes sociais, o caso comentou a ser comentado normalmente como acontece com programas jornalísticos da TV, mas conforme Luiz Bacci foi mantendo o foco apenas nessa reportagem, os internautas passaram a criticar a postura do jornalista, considerando que era um exagero no tema.

Sem se preocupar com as críticas, Bacci chegou a fazer uma enquete nas redes sociais para que os telespectadores votassem se a menina iria ficar com o pai ou com a mãe. Diante disso, os usuários do Twitter passaram a detonar tanto o apresentador quanto o próprio "Cidade Alerta".

"O 'Cidade Alerta' e o 'Balanço Geral' ão dois programas de merda q os apresentadores só enrolam nas notícias, por isso deixei de assistir. o Bacci se tornou insuportável como apresentador", afirmou um usuário da rede social também criticando o outro jornalístico da emissora.

Enquanto isso, no post da Record, com direito a vídeo de Bacci, o jornal foi ainda mais detonado. "Parem de sensacionalismo. Isso é nojento! Lógico  que a menina ao longo do tempo foi sendo persuadida por este cafajeste.  Acabem com  essa reportagem ,por favor, isso é um caso que requer profissionais para acompanhar essa desgraça em família", criticou um seguidor.

Houve ainda quem questionasse a enquete formulada pelo apresentador. "Mas a pergunta está errada...é pra filha ou pra nós?", lembrou uma telespectadora que não gostou de ver a questão sendo exposta para todos ao invés de acompanhar o caso.

Mesmo com inúmeras críticas, também aconteceu de diversas pessoas participarem da tag e até respondendo a enquete e dando sua opinião sobre o caso. No fim, o pai da menina acabou sendo preso novamente.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!