Adaptações

Sucesso no Brasil, “Bela, A Feia” tem versões em países que talvez você nem imagina

Novela está sendo reprisada no Brasil e fazendo sucesso

Sucesso no Brasil, “Bela, A Feia” tem versões em países que talvez você nem imagina
"Bela, a Feia" tem muitas adaptações ao redor do mundo. Foto: Montagem

Publicado em 21/08/2019 às 06:35:59 ,
atualizado em 21/08/2019 às 09:46:06

Por: Daniel César

O sucesso da reprise de "Bela, A Feia" na tela da Record é um dos muitos resultados positivos que a trama acumula ao redor do mundo desde que sua versão original colombiana foi ao ar em 1999. A trama não teve adaptação apenas no Brasil, mas foram muitos os países que fizeram sua própria versão da obra.

E como foram dezenas de adaptações - 23 no total - muitos foram para países que podem ser considerados curiosos que ninguém seria capaz de imaginar, quando o assunto é telenovela. O NaTelinha, por isso, reuniu as cinco adaptações de "Bela, A Feia" aos países mais curiosos.

Confira:

Índia

Esta foi a primeira adaptação da novela colombiana no mundo. Feita em 2003 elevou a atriz Jassi Koi Nahin ao papel de protagonista, que teve o nome original (Betty) alterado para Jasmeet ‘Jassi’. A trama ficou mais de dois anos no ar, mais tempo que a original.

Devido ao sucesso no país, os produtores optaram por criar histórias próprias e paralelas e acabaram deixando a trama desfigurada e muito além da proposta original criada para a TV colombiana.

Espanha

O país colonizador de boa parte da América Latina também fez sua própria versão da novela colombiana.  A trama fez tanto sucesso que acabou ficando muito tempo no ar e até ganhou uma espécie de continuação com história diferente da original.

Na trama espanhola, após o casamento dos protagonistas, os produtores decidiram manter a novela no ar com outros personagens e já sem a mocinha que dava título à obra.

Filipinas

Neste país, a versão de "Bela, A Feia" decidiu não levar ao ar a agência de moda e investiu em publicitários e marqueteiros. Considerada uma das mais diferentes versões entre todas as exibidas, neste país a protagonista foi vivida por Bea Alonzo.

Diferentemente de outros países, inclusive no Brasil que exibiu a mudança no visual da mocinha recentemente na reprise da Record, nas Filipinas, a protagonista não sofreu nenhuma alteração física e abraçou sua beleza interior.

China

Em 2009, uma parceria entre a Televisa e a Satellite TV deu origem a "A Garota Feia", uma versão chinesa da novela colombiana e que acabou fazendo sucesso no país mais conhecidos por dramaturgia de outro tipo e que não costuma apostar em telenovelas com o padrão latino.

Polônia

A versão polonesa também chamou a atenção entre todas as adaptações de "Bela, A Feia", graças à sua protagonista que foi vivida por Julia Kamiska, atriz que também foi responsável por cantar a música de abertura, além de ter roteirizado vários capítulos da história.

Nesta adaptação, a mocinha sofre uma alteração importante e não se casa com o grande amor de sua vida, uma das poucas versões que optam por este final.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!