Novidade

Sky testa serviço de TV paga ao vivo pela internet

O novo serviço da Sky será mais barato que o modelo via satélite

Sky testa serviço de TV paga ao vivo pela internet
Divulgação

Publicado em 19/07/2019 às 05:15:05 ,
atualizado em 19/07/2019 às 10:11:22

Por: Sandro Nascimento

Numa tentativa de frear a elevada perda na base de clientes, a operadora de TV paga via satélite Sky Brasil vem estudando oferecer um novo formato de assinatura de programação linear (ao vivo) exclusivamente por streaming.

A intenção é seguir o modelo de negócio do Directv Go, que existe em toda a América Latina. A marca Directv pertence a AT&T, que no Brasil também é proprietária da Sky.

O NaTelinha apurou que valor cobrado pelo novo serviço será mais barato que os praticados atualmente. Os pacotes mais básicos devem girar em torno de R$ 50 a 70 reais e poderão ser contratados de forma independente ao sistema via satélite, que continuará existindo.

Internamente, os testes online com canais pagos brasileiros, incluindo emissoras de TVs abertas regionais, começaram no último mês. Numa primeira fase, o modelo será disponibilizado apenas pra assinantes que deverão pagar um valor adicional para ter acesso ao serviço.  Para isso, precisarão baixar um aplicativo no celular ou nas SmartTVs.  

Hoje, a segunda maior operadora do país possui o serviço Sky Play para os assinantes assistirem a programas, séries e filmes on demand. Com a novidade, o  serviço ficará mais robusto e oferecerá também TV ao vivo online.

Fontes ouvidas pela reportagem, ligadas ao negócio de TV por assinatura,  acreditam que a Sky poderá ter uma queda no faturamento ofertando o novo serviço. Justificam pelo fato da versão Play ser mais barata que a assinatura tradicional. Porém, destacam que a margem de lucro da empresa deverá aumentar pelo baixo custo do negócio via plataformas digitais.

Detalham que no atual modelo a Sky possui despesas com técnicos, cabos, instalações e compra de decodificadores e antenas. Com a versão Play, toda essa logística seria eliminada.

Perda de assinantes da Sky

O novo sistema via app deverá ser a principal arma da empresa para estancar a perda na base de assinantes quem vem sofrendo, consecutivamente, nos últimos anos.

 De acordo com os dados da Anatel divulgados em junho, a operadora perdeu cerca 69 mil clientes em maio, liderando a queda dentre as empresas do setor, e fechou o mês com uma base total de 5,04 milhões de assinantes. No mesmo período, o grupo Claro (cabo e DTH) perdeu 51 mil clientes, fechando num total de 6,87 milhões de assinaturas.

A nova plataforma da Sky Brasil que reunirá programação de TV paga, on demand e linear, ainda não tem data para ser disponibilizada. 

A operadora foi procurada pelo NaTelinha desde a última segunda-feira (17), porém não emitiu nenhuma posição sobre a reportagem.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!