Reportar erro
Haja Coração

Classificação do Brasil rende recordes na Globo e também bomba na TV argentina

Seleção venceu a Argentina por 2 a 0 e se classificou para a final da Copa América

Daniel Alves em campo
Daniel Alves foi eleito o craque da semifinal
Daniel César

Publicado em 03/07/2019 às 14:11:25

A classificação da seleção brasileira para a final da Copa América rendeu a maior audiência do ano para a Globo. A partida contra a Argentina teve a narração de Galvão Bueno, que utilizou todo seu estoque de bordões e conquistou os melhores números da competição desde 2004.

Segundo dados da Kantar Ibope, a semifinal transmitida nessa terça-feira (02) alcançou média de 44 pontos na Grande São Paulo e atingiu 60% de participação, o que significa dizer que de cada 10 televisores ligados, 6 estavam sintonizados na Globo.

Os índices também representam a melhor audiência do futebol na Globo desde a partida entre Brasil e Bélgica nas quartas-de-final da Copa do Mundo, no ano passado. Isso significa dizer que a partida de ontem superou até a final do Mundial. Brasil x Argentina alcançou ainda 13 pontos acima da média das últimas quatro terças-feiras no canal.

Se em São Paulo o cotejo alcançou tais números, no Rio de Janeiro foi ainda melhor. Na capital fluminense, a vitória do Brasil por 2 a 0 registrou 45 pontos de média com 63% de participação. Em termos de participação, houve mais televisores proporcionalmente ligados na Globo no Rio de Janeiro do que em São Paulo.

Os números ainda indicaram o melhor desempenho do futebol na cidade maravilhosa também desde Brasil x Bélgica, que marcou a eliminação da equipe canarinho da Copa do Mundo de 2018. Em termos de Copa América, também houve a melhor participação desde 2004.

Foram 14 pontos acima da média das últimas terças-feiras alcançadas pela Globo na mesma faixa que, normalmente, é ocupada por séries.

Hermanos

Na Argentina, a partida também bateu recorde e marcou os melhores números de 2019.

Os hermanos acompanharam a eliminação de Messi e seus companheiros pela TV Pública e renderam à transmissão a média de 30,6 pontos.

Os argentinos ficaram revoltados com mais uma eliminação, indicando que o árbitro realizou marcações equivocadas e nem sequer utilizou o VAR (Video Assistant Referee, o Árbitro Assistente de Vídeo).

Já o pós-jogo da TV Pública atingiu 16,6 pontos, mantendo-se em primeiro lugar.

Fala, Galvão

A transmissão da Globo foi comandada por Galvão Bueno, principal locutor esportivo do canal e que utilizou boa parte de seu estoque de bordões ao longo da partida.

O "haja coração" apareceu com menos de 15 minutos, enquanto o "ganhar é bom, mas ganhar da Argentina é muito melhor" foi o último deles, dito já na reta final do jogo.

A final da Copa América terá transmissão exclusiva da Globo e acontece no próximo domingo (07), às 17h, no Maracanã. O Brasil aguarda a partida entre Chile e Peru, na noite desta quarta-feira (03), para saber quem será o adversário na disputa pelo título da competição.

Mais Notícias