Reportar erro
Exclusivo

“Esquadrão da Moda”: Arlindo Grund revela que não queria fazer teste para o programa

O apresentador do "Esquadrão da Moda" concedeu entrevista exclusiva ao NaTelinha

Arlindo Grund e Isabella Fiorentino
Divulgação/SBT
Sandro Nascimento

Publicado em 08/06/2019 às 05:05:47

O apresentador do "Esquadrão da Moda" e stylist, Arlindo Grund, 44, revelou ao NaTelinha que o momento mais difícil nos 10 anos à frente do programa foi no início, quando ainda participou do teste para integrar o elenco da atração semanal do SBT.

"Porque eu não queria fazer. Estava morrendo de vergonha e de medo, mas de reponte, não tive nem tempo de pensar. Fiz o teste", conta Arlindo em conversa exclusiva.

O consultor de moda diz que quando começou a fazer o programa do SBT, sua maior preocupação era levar sentimento através dos aparelhos de televisão, e explica: "porque quando eu assisto TV, eu sinto quando a pessoa tá fazendo aquilo com vontade e se empenhando. Então é sempre o grande desafio. Além de trazer a minha visão fashion pra uma moda, um pouco mais dia a dia, é fazer que esse sentimento passe através da máquina da TV, que é um pouco difícil”.

Dividindo a apresentação do "Esquadrão da Moda" com a modelo Isabella Fiorentino, Arlindo Grund acredita que o sucesso do projeto tem relação com qualidade, sinergia e a resposta dos telespectadores.

"Eu entendo que a longevidade nos dias de hoje, com essa concorrência de internet  e canais de YouTube, fica muito mais difícil. A gente faz tudo com muito carinho e pra quem está em casa. Fazemos principalmente para a participante que está do nosso lado. Acho que isso passa da TV", acredita.

Para Grund, é normal existir embates no "Esquadrão" com divergências de sua consultoria com a participante.

“Isso é muito saudável pra gente e é bom para a audiência  E a maiorias da mulheres entende que no final tudo é feito para o bem delas. Então, eu acho que não tem essa questão de sair chateada".

Stefhany Absoluta no Esquadrão da Moda

“Esquadrão da Moda”: Arlindo Grund revela que não queria fazer teste para o programa

Sobre a participação da cantora Stefhany Absoluta, em novembro de 2011, quando causou polêmica com sua forte resistência às sugestões de Arlindo e Isabella, o consultor revela parecia que ela estava obrigada na gravação do SBT.

"Não sei, se você chama de famosa (diz ao ouvir do repórter que Stefhany teria fama)... Mas foi um programa que teve muito embate. Parece que ela estava lá obrigada a fazer. A  gente não obriga ninguém. Talvez tenha sido alguém da produção dela que obrigou a participação.  Mas enquanto consultores a gente fez nosso melhor, que era levar a informação de moda pra ela e mostrar o que ficava bem. Se ela seguiu ou não já é outra questão", alfineta.

Arlindo Grund descarta guardar mágoa do episódio: “imagina, acabou o programa ali, acabou-se".

Há 10 anos no ar, e sendo uma das maiores audiência do sábado do SBT, o apresentador acredita que o "Esquadrão da Moda" ainda tem muito fôlego pra novas temporadas.

"Nós estamos com um diretor, o Johnny Martins, que é um cara que tira a gente da zona do conforto. Ele coloca pra gente fazer coisas que nunca imaginou em fazer. Eu acredito que o programa terá realmente fôlego pra continuar um pouco mais. Ele é feito com muito carinho. A gente se dedica muito", aponta.

O consultor de moda do SBT afirma que a situação financeira não tem relação em ser elegante. "A pessoa pode ter dinheiro e entrar na melhor loja e comprar a pior roupa. Se você tiver mil informações de moda, você consegue entrar em qualquer loja, até na loja do seu bairro, e comprar uma roupa bacana e que tenha ver com sua personalidade. Essa é a melhor dica", concluiu.

 

Mais Notícias