Polêmica

Afastamento de Mauro Naves da Globo choca público e bomba na web

Repórter foi afastado das suas funções até o caso ser esclarecido

Afastamento de Mauro Naves da Globo choca público e bomba na web
Mauro Naves ficará afastado das suas funções na Globo - Foto: Reprodução/Globo

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 06/06/2019 às 12:20:26

Mauro Naves foi afastado da cobertura esportiva da Globo até segunda ordem, após envolvimento no caso em que o jogador Neymar é acusado de estupro. A decisão lida em comunicado por William Bonner no "Jornal Nacional" dessa quarta-feira (05) pegou o público de surpresa, que transformou o assunto num dos mais comentados das redes sociais.

Um dos principais repórteres da emissora foi o responsável por repassar o contato de Neymar Pai para o advogado José Edgard Cunha Bueno, que representava Najila Trindade.

Com o afastamento, o nome de Mauro Naves entrou para os Trending Topics do Twitter e foi o tema mais pesquisado no Google, ultrapassando a marca do meio milhão de acessos na internet.

“Mauro Naves acaba de ser afastado da Globo por proporcionar o número do pai do Neymar pro advogado!”, afirmou um perfil. “Mauro Naves será contratado pelo History Channel”, satirizou outro perfil. “É exclusiva da Najila pro Cabrini no SBT, é Mauro Naves sendo afastado do esporte da Globo por ter dado o contato do NeyPai pro advogado da garota em troca da tal exclusividade. Essa história tá ganhando contornos de dramaticidade nunca antes vistos”, escreveu um internauta.

O envolvimento de Mauro Naves foi revelado por Neymar Pai, desmentindo o advogado que havia dito que o empresário havia o procurado primeiro. A Globo confirmou a informação com o jornalista, que em sua defesa disse que passou o contato pensando em conseguir a informação com exclusividade e que entendia ter sido irrelevante a sua ação.

Em comum acordo, ele foi afastado até que os fatos sejam totalmente esclarecidos.

Veja um pouco da repercussão na web:

Confira o posicionamento da Globo:

"O Jornal Nacional publicou ontem a carta aberta divulgada pelos ex-advogados da mulher que acusa Neymar de estupro. Eles afirmam na carta que a reunião que fizeram com os advogados de Neymar foi feita a convite do pai do jogador. Hoje, em nota, o pai de Neymar desmentiu essa afirmação, disse que foi o advogado José Edgard Cunha Bueno que o procurou solicitando a reunião e que José Edgard obteve o contato dele por intermédio do repórter Mauro Naves, na quarta-feira da semana passada. O repórter confirma as afirmações da nota do pai de Neymar, mas somente hoje relatou a Globo sua participação no episódio. Mauro Naves é um excelente profissional, com grandes contribuições ao jornalismo esportivo da Globo. Mas há evidências de que suas atitudes neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos".

Caso Neymar

Neymar foi acusado de ter estuprado Najila há algumas semanas. Embora o caso tenha acontecido em Paris, a mulher registrou um boletim de ocorrência em São Paulo e aí as investigações começaram. O B.O. foi registrado dia 31, mas o assunto ganhou repercussão no dia seguinte.

Além de o pai de Neymar ter concedido entrevista ao "Brasil Urgente" falando da situação e acusando a denunciante, o próprio jogador divulgou em suas redes sociais, no dia 1º, um vídeo em que se dizia inocente e uma série de prints de conversas, além de vazar fotos íntimas da mulher.

O caso segue sendo investigado e, no dia 2, a polícia afirmou que além de convocado a depor, Neymar deverá ser processado por divulgar fotos íntimas da mulher.

Em visita ao "Aqui na Band", o pai de Neymar foi questionado se não houve exagero por parte do jogador em exibir imagens da jovem nua, para se defender da acusação. “Eu prefiro um crime de internet que um crime de estupro”, disparou. O advogado convidado pela produção relatou que a ação do atleta não configura crime.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!