Caso Neymar

Pai de Neymar confirma presença em programa e promete abrir o jogo

Neymar Pai participará do "Aqui na Band"


Neymar_6c6e9de80e8662d303f3f2a13935d1a2b6c24fea.jpeg
Neymar é acusado de estupro. Pai do atleta falará ao "Aqui na Band" na segunda-feira (03)

O pai do jogador Neymar confirmou sua presença na próxima segunda-feira (03) no programa "Aqui na Band" para abrir o jogo sobre o caso que chocou o Brasil todo e boa parte dos países: a denúncia de estupro que o astro do PSG sofreu no último sábado (01).

Ídolo da seleção brasileira, Neymar evita falar com a imprensa sem que seu pai, Neymar da Silva Santos, responsável por sua carreira, tome a iniciativa. Ele irá participar do matutino da Band, com apresentação de Silvia Poppovic e Luis Ernesto Lacombe. Neymar pai promete fazer novas revelações sobre o caso. O "Aqui na Band" começa às 09h

Importante lembrar que ele já concedeu uma entrevista, embora por telefone, no próprio sábado quando atendeu a um pedido da produção do "Brasil Urgente", também da Band, e conversou ao vivo com o jornalista José Luis Datena.

Na ocasião, a argumentação foi de que tratava-se de uma falsa denúncia e que a mulher já tinha tentado arrancar dinheiro do jogador que está concentrado com a seleção brasileira se preparando para o início da Copa América.

Caso Neymar

O jogador Neymar, de 27 anos, foi acusado de ter estuprado uma mulher há algumas semanas. Embora o caso tenha acontecido em Paris, a mulher registrou um boletim de ocorrência em São Paulo e as investigações começaram. O B.O. foi registrado na última sexta-feira (31), mas o caso ganhou repercussão no dia seguinte.

Além de seu pai ter concedido entrevista ao Brasil Urgente falando da situação e acusando a mulher, o próprio jogador divulgou vídeo em suas redes sociais, durante a noite de sábado, em que se disse inocente e postou uma série de prints de conversas com a mulher, além de vazar fotos íntimas dela.

O caso segue sendo investigado e, neste domingo (02), a Polícia confirmou que Neymar será convocado a depor e também deverá ser processado por divulgar fotos íntimas da mulher.

Mais Notícias