Memória

Como era a TV na última vez que Xuxa esteve no SBT

Rainha dos baixinhos participou do "Teleton" em 2015

Como era a TV na última vez que Xuxa esteve no SBT
Xuxa participou do "Teleton" em 2015 - Foto: Reprodução/SBT

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 26/05/2019 às 14:00:30

Foi levado ao ar no último sábado (25) mais uma edição do “Programa da Maisa”. A apresentadora adolescente entrevistou nada mais, nada menos do que Xuxa Meneghel, a eterna rainha dos baixinhos. A atração teve enorme repercussão e boa audiência na prévia. A loira também estará no "Programa da Eliana". Sua participação já foi gravada.

Mas não é a primeira vez que a comunicadora participa de uma produção da emissora de Silvio Santos. A última oportunidade que Xuxa esteve no SBT foi em 2015, quando pisou no palco do “Teleton”. Na época, um dia depois da artista entrar ao vivo no canal, o dono do baú a chamou de “garoto americano”, já que Meneghel vinha seguindo um estilo parecido com a apresentadora Ellen Degeneres.

De 2015 pra cá, muita água rolou. Por conta disso, o NaTelinha resolveu relembrar como era a televisão brasileira naquele período. Confira abaixo os principais momentos daquele ano:

Ana Hickmann de volta ao “Hoje em Dia”

A loura deixa o comando do “Programa da Tarde” e é deslocada para comandar novamente o “Hoje em Dia”. Celso Zucatelli, Edu Guedes e Chris Flores se despediram do formato no dia 09 de janeiro e César Filho, Renata Alves e Ana passaram a comandar a atração no dia 12. Em agosto, Ticiane Pinheiros ganhou espaço na produção e se tornou entre os apresentadores.

Xuxa na Record

Após 29 anos, a rainha dos baixinhos deixou a Globo e assinou com a Record no dia 5 de março. No dia 17 de agosto, o programa “Xuxa Meneghel” estreia numa noite de segunda-feira.

O retorno do “O Rei do Gado”

Grande sucesso em 1996, a trama de Benedito Ruy Barbosa voltou ao “Vale a Pena Ver de Novo”. A segunda reprise da história protagonizada por Antônio Fagundes fez enorme sucesso e fechou com média geral de 17.42, a segunda maior da década, perdendo apenas para “Senhora do Destino”, que apresentou um resultado de 17.98 pontos. O último capítulo da reexibição no dia 07 de agosto.

Mônica Iozzi no “Vídeo Show”

Sai Zeca Camargo e entra Otaviano Costa e Mônica Iozzi. A comunicadora entrou com a missão de ficar apenas três meses no programa, porém, conquistou o público e ficou cerca de um ano. Miguel Falabella e Cissa Guimarães também retornaram a atração.

Luiz Bacci volta para Record

O jornalista não dá certo na Band e rescinde seu contrato. Marcelo Rezende convence a direção da Record e o “menino de ouro” retorna a antiga emissora. No dia 11 de maio, o apresentador se torna o principal âncora do “Balanço Geral” da manhã.

Tiago Leifert deixa o esporte

Comandando o “The Voice Brasil”, Tiago ganha a oportunidade de fazer parte do time de apresentadores do “É de Casa”. Por conta disso, ele deixa o esporte e é transferido para o entretenimento. No dia 06 de julho, Leifert dá adeus ao “Globo Esporte – Edição SP” e passa o bastão para Ivan Moré.

GFK

SBT, Record e RedeTV! entram em guerra com o Ibope e decidem apoiar a chegada do GFK. A empresa alemã passa a medir a audiência no dia 01 de outubro, contudo, os poucos números divulgados ao público mostrava resultado parecido com a concorrente.

TV Digital

No dia 29 de novembro, Rio Verde, em Goiás, tem o sinal analógico desligado e a transição digital tem início no Brasil.


publicidade

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!