Reportar erro
Lembrança

No "Bola da Vez", Roberto Cabrini diz que Casagrande apareceu nu em entrevista

Jornalista falou da sua carreira na ESPN Brasil

Bola-da-Vez-Roberto-Cabrini_1b8a43177bd51ba5654102914bb9d39b4e9241ca.jpeg
Roberto Cabrini no "Bola da Vez" - Foto: Reprodução/ESPN
Daniel César

Publicado em 12/05/2019 às 11:30:59

Roberto Cabrini conversou com jornalistas da ESPN Brasil no programa “Bola da Vez”. Ele relatou momentos marcantes como jornalista, quando conversou com Sócrates e Casagrande estava pelado ao fundo, além, é claro, do comunicado ao vivo da morte de Ayrton Senna em 1994.

Premiado por seu trabalho investigativo, Cabrini contou uma situação inusitada que enfrentou no mundo do futebol. O período era a luta dos brasileiros pela redemocratização do país. Sócrates, um dos símbolos dessa luta, líder da “Democracia Corintiana”, explicava a importância daquele ato. Porém, na imagem ao fundo, Casagrande estava pelado.

O fato foi narrado pelo jornalista contextualizando as diferenças tecnológicas dos tempos mais antigos com o que é produzido atualmente na televisão. Cabrini lembra que sequer notou a presença do jogador sem roupa ao fundo da imagem e que, na época, a edição era focada no áudio, voltando a fita na moviola.

“Era uma reportagem para o “Globo Esporte” e o Sócrates falava sobre a redemocratização no Brasil. O Casagrande aparecia peladão no fundo da imagem. Foram os 30 segundos mais longos da TV”, brincou. Os entrevistadores caíram na gargalhada.

Outro ponto da entrevista importante foi sobre a notícia da morte de Ayrton Senna. Roberto detalhou o momento e diz que sentiu dificuldades em anunciar para o país o falecimento de um ídolo em 1994. O jornalista teve a responsabilidade de informar, pela primeira vez, que o piloto havia morrido.

O apresentador do “Conexão Repórter” não se restringiu apenas ao esporte. Atualmente no SBT, contou que quase foi assassinado pelo Talibã. Por sorte, ele sabia a língua de um dos integrantes do grupo e pediu para falar com o líder, que falava inglês. Ao explicar a situação, ainda recebeu água e comida e depois foi libertado.

Cabrini escreveu um livro relatando as principais reportagens e denúncias que fez ao longo da carreira. O lançamento tem previsão de ocorrer em agosto deste ano e o jornalista tem a expectativa que sua trajetória influencie outros profissionais da área para que tenham coragem no mundo do jornalismo.

"Bola da Vez" com Roberto Cabrini foi levado ao ar à meia-noite do último sábado (11). Contará com reprises ao longo da programação nos próximos dias e também estará disponível na plataforma de streaming da ESPN.

Mais Notícias