polêmica

Luciana Gimenez teria derrubado entrevista de Lula na RedeTV!

Luciana Gimenez negocia entrevista com Bolsonaro e participação em campanha do Governo Federal

Luciana Gimenez teria derrubado entrevista de Lula na RedeTV!
Reprodução/Instagram

Sandro Nascimento
i

Sandro Nascimento

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br

Publicado em 05/05/2019 às 00:02:39 Atualizado em 05/05/2019 às 00:55:02

Para não atrapalhar as negociações de uma entrevista de Luciana Gimenez com o presidente Jair Bolsonaro e a escolha da apresentadora numa campanha publicitária do Governo Federal sobre a reforma da previdência, teriam motivado a RedeTV! a derrubar a entrevista do ex-presidente Lula concedida ao  jornalista Kennedy Alencar em sua grade.

De acordo um pessoa ligada à produção de Gimenez, a contraordem teria partido do sócio da RedeTV!, Marcelo de Carvalho, conhecido por suas opiniões polêmicas contra a esquerda e o PT.  Ele teria sido alertado que a notícia sobre a  exibição da entrevista com o ex-presidente na RedeTV! não foi  bem recebida entre a equipe de Bolsonaro e os líderes do PSL.

A informação de que Luciana Gimenez estaria cotada para liderar uma campanha do Governo Federal sobre a reforma da previdência foi antecipada pelo colunista Flávio Ricco, do UOL.  O NaTelinha apurou que  as negociações para  entrevista do presidente Jair Bolsonaro para a apresentadora da RedeTV! estaria em estágio avançada.

No dia 05 de abril, num evento promovido pela comunicação do governo à imprensa especializada, Gimenez foi a única apresentadora de TV que esteve no encontro com Bolsonaro em Brasília.

"Uma honra participar hoje do café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro e jornalistas. Não temos tempo para 'mimimi', vamos nos unir por um Brasil melhor", disse a apresentadora em seu perfil do Instagram.

A reportagem apurou que a produção de Luciana Gimenez já foi avisada sobre a possibilidade de uma entrevista de Bolsonaro nos próximos dias.

Entrevista de Lula não exibida

A gravação da entrevista de Lula ocorreu na superintendência da Polícia Federal em Curitiba na manhã da última sexta-feira (03).

"Fomos informados hoje (04) que a Rede TV! decidiu não exibir a entrevista. Registre-se que emissora não só entrou com uma reclamação junto ao Supremo Tribunal Federal para garantir o direito de entrevistar o ex-presidente como gravou a entrevista no dia de ontem. A entrevista deve ser divulgada no exterior na BBC", publicou a assessoria de Lula em sua página na internet.

"A entrevista que fiz com o ex-presidente Lula será exibida com exclusividade num projeto em desenvolvimento com a BBC World News", disse o jornalista Kennedy Alencar, em seu blog. Prometeu, em seguida, publicar as íntegras em texto e vídeo da conversa com o petista.

Marcelo de Carvalho

No dia 25 de março, Marcelo de Carvalho, sócio e vice-presidente da RedeTV!, mostrando seu viés ideológico, acusou o jornalismo da Globo de fazer uma "campanha suja" contra o governo de Bolsonaro, em sua conta no Twitter.

 

Procurada pelo NaTelinha, a RedeTV! negou que Luciana Gimenez seja pivô do cancelamento da exibição da entrevista do ex-presidente Lula, e completou: "A RedeTV! foi contratada no ano passado pela BBC World News e pela K.doc para gravar entrevistas para a série-documentário de três capítulos. Realizou 12 entrevistas, 3 das quais com ex-presidentes da República. A série, chamada ‘What Happened to Brazil’ foi transmitida internacionalmente em janeiro pela BBC. A entrevista com Lula foi solicitada à época como parte desse projeto. Liberada agora pela Justiça, foi gravada na última sexta-feira. A entrevista será usada pela BBC World News com exclusividade, numa sequência da produção desenvolvida no ano passado. Todos os direitos sobre imagens e direção editorial são da BBC".

A reportagem ligou para a assessoria de imprensa de Luciana Gimenez, que pediu para procurar a comunicação da RedeTV!.

O jornalista Kennedy Alencar também foi procurado, mas não respondeu aos nossos contatos.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!