Não foi dessa vez

Record desiste do projeto de Marcos Mion para ocupar vaga de Porchat

Marcos Mion tentou produzir uma nova versão do "Mucho Macho" na emissora

Record desiste do projeto de Marcos Mion para ocupar vaga de Porchat
Divulgação/Record

Sandro Nascimento
i

Sandro Nascimento

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br

Publicado em 15/04/2019 às 22:11:56 Atualizado em 15/04/2019 às 22:24:17

Não foi dessa vez que Marcos Mion conseguirá um outro programa para comandar na Record além do reality "A Fazenda". Seu projeto para uma nova atração de fim de noite na emissora não teve a aprovação final da alta cúpula.

Como foi antecipado pelo NaTelinha, a proposta do programa foi levado para avaliação no final do ano passado, e tinha inspiração no "Mucho Macho”, atração que ele comandou na extinta MTV Brasil, em 2007.

Era um talk-show em tom humorístico, que satirizava o mundo dos homens heterossexuais com direito a striptease das assistentes de palco. Todos os programas começavam com o seguinte bordão: "Sejam bem-vindos ao último reduto macho desse planeta azul-calcinha!".

Dentro da Record, o projeto foi considerado inviável para ser exibido em TV aberta, o que frustrou os planos de Mion. Existiu até uma tentativa de colocar o programa para avaliação da área comercial, mas acabou não evoluindo e acarretando a desistência da emissora.

O apresentador apostava na nova versão do "Mucho Macho" para fica no ar enquanto a nova temporada de "A Fazenda" não estreia na grade. O confinamento dos famosos, que entra em sua 11ª edição este ano, passa a ser exibido em setembro.

Em sua estreia no comando do reality em 2018, Marcos Mion foi muito elogiado pelo público e pela direção da emissora.

A capacidade de improvisar em situações inesperadas, durante o ao vivo, e conseguir imprimir uma personalidade dentro do formato foram vistos como os principais  destaque em sua condução.

Com espaço vago na grade desde que Fábio Porchat saiu no final do ano passado, a emissora vem estudando possibilidades para ocupar a faixa que antecede a programação da Igreja Universal na madrugada.

Atualmente, o horário vem sendo ocupado por seriados americanos, como “Chicago Fire”, que conta o dia a dia de um grupo de bombeiros.

Dentre alguns projetos para a faixa, existe a possibilidade de um novo talk-show ou a estreia do segundo telejornal em rede.

O NaTelinha apurou que embora não tenha, desta vez, conseguido emplacar o novo "Mucho Macho" para o lugar de Fábio Porchat, Marcos Mion poderá fazer tentativa de outro projeto, quando houver, ou quiser, para a diretoria da emissora.

O apresentador possui um bom trâmite em diversos setores do canal.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!