Primeiro trimestre

Com Governo Bolsonaro, Record tem quase 800% de aumento na publicidade em um ano

SBT também teve alta substancial; Secom explica resultado

Com Governo Bolsonaro, Record tem quase 800% de aumento na publicidade em um ano
Reprodução

Publicado em 15/04/2019 às 18:44:34

Por: Daniel César

No primeiro trimestre do Governo Bolsonaro, os gastos com publicidade institucional cresceram significativamente nas três principais emissoras de TV aberta do Brasil. A Record foi a que mais disparou nos valores: quase 800%. O SBT também teve um aumento importante de quase 700%, enquanto a Globo cresceu menos, indo parar em terceiro lugar nos repasses de verba pública.

De acordo com dados que constam em reportagem do UOL, a Record recebeu R$ 10,3 milhões nos três primeiros meses de 2019. O SBT garantiu a quantia de R$ 7,3 mi e a Globo teve o aporte de R$ 7,07 milhões.

Para se ter uma ideia do crescimento volumoso da publicidade institucional do governo em 2019 para as emissoras de TV aberta, a rede de Edir Macedo havia recebido, no primeiro trimestre de 2018, um total de R$ 1,3 milhão. O aumento é de incríveis 795%.

O SBT também teve muito o que comemorar. É que a emissora da Anhanguera viu seus números saltarem 665%, já que no comparativo do ano passado recebeu "apenas" R$ 1,1 milhão.

A Globo, atualmente tratada como potencial adversária da gestão, tanto pelo próprio Jair Bolsonaro quanto por seus seguidores, também teve aumento em suas receitas institucionais. No primeiro trimestre de 2018, a Vênus Platinada recebeu R$ 5,9 milhões. Nesse caso, o aumento foi tímido, de 18,6%.

Ao UOL, porém, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação) informou que os pagamentos feitos no primeiro trimestre são referentes a despesas contratadas na gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB) e que Jair Bolsonaro autorizou, até agora, o gasto de R$ 12 milhões referentes à campanha publicitária da reforma da Previdência.

Desde que venceu as eleições em outubro do ano passado, Bolsonaro tem se visto mais próximo de Record e SBT. Enquanto Silvio Santos teceu vários elogios ao presente durante o "Teleton" e apresentadores do canal, como Danilo Gentili, Ratinho e Celso Portiolli também sejam seus apoiadores, a Record tem recebido a primazia em entrevistas exclusivas. A emissora já falou com o próprio Bolsonaro, além do filho e da esposa.

Em compensação, a Globo tem sido tratada como inimiga número 1 e até proibida de participar de coletivas de imprensa.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!