Reportar erro
Levou grito

Repórter do SBT leva esporro de mulher em Suzano e é criticada por abordagem

Márcia Dantas chegou a levar um grito na cara ao tentar falar com uma mulher

Márcia Dantas em Suzano
Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 13/03/2019 às 12:27:32

Repórter do SBT, Márcia Dantas tem seu nome bastante comentado nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (13), devido à forma como abordou as pessoas na frente da escola estadual Raul Brasil, em Suzano, onde dois adolescentes encapuzados invadiram e mataram oito menos, cometendo suicídio em seguida.

Uma das primeiras jornalistas a chegar ao local, ainda dentro do "Primeiro Impacto", Márcia Dantas apareceu correndo e tentou entrevistar quem estava nas redondezas.

Em dado momento, a repórter colocou o microfone na boca de uma mulher, que, desesperada com o ocorrido, deu um forte grito: "Eu não quero falar!".

A jornalista do SBT levou um susto e, com a voz embargada, devolveu para o apresentador Marcão do Povo, no estúdio.

Repórter do SBT leva esporro de mulher em Suzano e é criticada por abordagem

"Gente, a Márcia Dantas correndo quem nem uma louca e gritando. Pra que gritar? Tem que ter controle", reclamou um internauta no Twitter. "A Marcia Dantas ta de parabéns pelo despreparo. Profissionalismo zero", bradou outro.

Houve quem também a defendesse. "Parem de ficar criticando a Márcia Dantas! ela recebe ordens da coordenadora de links e da Chefe de Reportagem", explicou um rapaz.

Veja o vídeo e alguns comentários:

Cobertura

O SBT acompanhou o massacre em Suzano durante o "Primeiro Impacto", mas com o seu fim, por volta das 10h30, a programação seguiu normalmente com o "Bom Dia & Cia".

Porém, filias da rede, como no Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, seguiram com a cobertura, utilizando a equipe de São Paulo, mesmo não sendo do estado onde tudo aconteceu.

Mais Notícias