Entrevista exclusiva

Direitos da Globo sobre o Carnaval precisam ser revistos, afirma herdeiro da Beija-Flor

Foto: Graça Paes/Zapp News

Publicado em 07/03/2019 às 09:12:23 ,
atualizado em 07/03/2019 às 09:43:57

Por: Sandro Nascimento

Filho do bicheiro Anísio Abraão David, presidente de honra da Beija-Flor, o jovem Gabriel David, de 21 anos, é naturalmente herdeiro da agremiação e ganhou o status de líder de uma nova geração do samba que busca modernizar o espetáculo.

"Uma festa deste tamanho não pode depender só de um prefeito ou governador. Ela tem que ter seu recursos próprios e o Carnaval tem dificuldade nos últimos anos de gerar mais recursos e novas fontes de receita", disse Gabriel em entrevista exclusiva ao NaTelinha, antes da apuração dos desfiles das escolas que aconteceu nesta última quarta-feira (06), no sambódromo carioca.

Além de ficar à frente de todos os detalhes da Beija-Flor, ele cursa administração na faculdade da PUC-Rio e é sócio do camarote de Carnaval "Nosso Camarote", junto com o ex-jogador Ronaldo Fenômeno e a promoter Carol Sampaio.

À reportagem, Gabriel David contou que o contrato de transmissão da Globo, que vence este ano, precisa ser revisto como parte das mudanças a serem implantadas no Carnaval.

"As escolas estão muito limitadas e a própria Liga fica muito limitada com o que ela pode entregar. Acho que uma parceria maior entre a Liga e a Globo pode resultar em melhor qualidade de espetáculo e entregando um melhor retorno pra própria Globo que é detentora dos direitos de imagens do evento", explicou David, que concorda que a LIESA (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) precisa ter um canal por assinatura sobre o Carnaval.

Confira a entrevista completa:


Foto: Riotur

Você acha que o contrato da Globo precisa de mudanças?

Gabriel David - Eu não posso negociar nada, esse é o presidente da Liga (LIESA), de forma geral. O contrato da Globo tem quer ser revisto e as negociações têm que ser revistas. Porque as escolas estão muito limitadas e a própria Liga fica muito limitada com o que ela pode entregar. Acho que uma parceria maior entre a Liga e a Globo pode resultar em melhor qualidade de espetáculo e entregando um melhor o retorno pra própria Globo que é detentora dos direitos de imagens do evento.

Deveria ouvir propostas de outras emissoras?

Gabriel David - Não. A Globo é a uma grande parceira do Carnaval. Se o Carnaval se fez viável esse ano muito se deve a Globo. Eu não acho que seja o melhor caminho nesse momento.

A LIESA deveria ter um canal de TV por assinatura? Por exemplo na Globosat?

Gabriel David - Lógico (balança a cabeça concordando). O Carnaval precisa ter e gerar seus próprios conteúdos. A Liga ela tem essa obrigação e não faz isso. Ela tem que ter seus próprios veículos de comunicação. Enfim, sua própria geração de conteúdo de forma geral. Muitas situações aconteceram esse ano que mostram um certo despreparo em relação a isso e má utilização do conteúdo que as escolas já geram sem intenção.

Você se acha um líder de uma nova geração do samba que chega ao Carnaval do Rio que busca mudanças?

Gabriel David - Eu não penso assim. Eu penso muito mais como um apaixonado pelo Carnaval que sou e o que eu puder ajudar tanto a Beija-Flor com o Carnaval estou em total disposição pra isso. Por amar o Carnaval de verdade.

Porque o Carnaval precisa mudar?

Gabriel David - O Carnaval precisa mudar porque cada vez mais o Carnaval se tornou altamente dependente de verba pública. Quando você tem um governo que de alguma forma viras as costas para a festa, você não pode ser... Uma festa deste tamanho não pode depender só de um prefeito ou governador. Ela tem que ter seu recursos próprios e o Carnaval tem dificuldade nos últimos anos de gerar mais recursos e novas fontes de receita.

Por isso ele tem que mudar pra conseguir essas novas fontes de receita, poder disponibilizar melhores condições para que os artistas possam trabalhar, e consequentemente, entregar os melhores resultados. Por fim, resultar num melhor resultado para os governantes e a população de uma forma geral. Porque o Carnaval entrega muito.

Qual sua avaliação do Carnaval deste ano?

Gabriel David - Eu acho que foi um Carnaval muito grandioso perto do tamanho descaso que a prefeitura teve com a festa e o Carnaval de uma forma geral. As escolas conseguiram se superar e isso foi muito nítido na avenida. Parabéns a todos os carnavalescos, sem exceção. Por realmente conseguirem, sem recursos, buscar materiais sustentáveis que pudessem serem reutilizados e materiais mais baratos pra conseguirem apresentar um grande espetáculo.

Conseguimos como Beija-Flor e todas as escolas.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!