Obama?

Repórter da Band confunde nome de primeira-dama e vídeo viraliza na internet


Lana Canepa em reportagem na Band
Reprodução

Repórter da Band, Lana Canepa cometeu um ato falho que movimentou as redes sociais durante o fim de semana. Na cobertura da tragédia ocorrida em Brumadinho (MG) na última sexta-feira (25), a repórter acabou confundindo o nome da primeira-dama.

A repórter estava no ar quando, ao se referir a visita do presidente Jair Bolsonaro e de sua esposa, Michelle, acabou se atrapalhando e a chamou de Michelle Obama, nome da ex-primeira dama dos Estados Unidos, mulher de Barack Obama.

O fato não passou desapercebido das redes sociais que rapidamente comentaram a situação. O autor Marcelo Rubens Paiva chegou a postar o vídeo em seu perfil no Twitter fazendo piada com a situação: “Que casal inusitado”.

A reportagem apurou que Lana estava há horas fazendo a cobertura da tragédia em Brumadinho quando entrou no ar e, talvez, isso justifique o ocorrido.

A Band ignorou a situação e não se manifestou sobre o tema. Erros assim costumam ser comuns em entradas ao vivo e dificilmente acontece algum tipo de punição aos repórteres por conta disso. Diretores de jornalismo consideram que a pressão dos links é mais que justificável para esse tipo de deslize.

A cobertura da tragédia da barragem teve outros momentos considerados pela internet como mais grave, como foram os casos de vídeos divulgados pelas emissoras como sendo da invasão de lama na sexta-feira, mas que se referia a outras tragédias.

Mais Notícias