Bastidores

Encontro de equipes da RedeTV! e Record TV gera climão na entrevista com Flávio Bolsonaro

Encontro de equipes da RedeTV! e Record TV gera climão na entrevista com Flávio Bolsonaro

Publicado em 21/01/2019 às 00:18:02

Por: Sandro Nascimento

Neste domingo (20), o deputado Flávio Bolsonaro (PSL) concedeu entrevistas para duas equipes de televisão, RedeTV! e Record TV, para explicar o recebimento de 48 depósitos de R$ 2 mil em sua conta corrente em menos de um mês. Além disso, o pagamento de um título bancário no valor de R$ 1.016.839 emitido pela Caixa Econômica Federal.

As informações foram reveladas pelo "Jornal Nacional" nos últimos dois dias baseadas em informações do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Nos bastidores da entrevista, houve um mal-estar com chegada da equipe da RedeTV!. O jornalismo da Record TV não foi avisada que não teria exclusividade nos esclarecimento do filho de Jair Bolsonaro.

Pessoas que estavam no local relataram ao NaTelinha que o repórter Lúcio Sturm foi surpreendido quando soube da presença dos jornalistas Boris Casoy e Franz Vacek, superintendente de Jornalismo, Esportes e Digital da RedeTV!.

"A exclusiva do Flávio Bolsonaro não é da Record?", teria questionado Lúcio Sturm aos profissionais da RedeTV! e ouviu a resposta: "estamos apenas trabalhando". A situação criou um climão entre as equipes concorrentes.

A entrevista da Record TV foi gravada primeiro e exibida durante o "Domingo Espetacular". Pouco depois, a Globo citou as declarações e creditou a concorrente. Na RedeTV!, as explicações de Flávio Bolsonaro foram ao ar após o "Encrenca", por volta das 23h.

Com ela, a RedeTV! quebra uma ciclo sucessivo de explicações exclusivas de Flávio Bolsonaro à Record TV. Curiosamente, na semana que seu vice-presidente Douglas Tavaloro deixou o cargo pra montar a filial da CNN Brasil.

Nas entrevistas, o filho do presidente Jair Bolsonaro explicou que o título pago à Caixa Econômica é relativo a um financiamento de um imóvel.

Sobre os 48 depósitos em sua conta corrente, justificou que foram realizados desta forma porque recebeu em dinheiro a venda do imóvel e o banco aceita até o limite de R$ 2 mil por envelope no caixa eletrônico que fica na Alerj.

TAGS:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!