Sergipe

Afiliada da Globo usa táxi como carro de reportagem, taxista vira auxiliar e causa polêmica

Procurada, emissora se explicou

Afiliada da Globo usa táxi como carro de reportagem, taxista vira auxiliar e causa polêmica
Taxista auxilia reportagem captando som de show - Reprodução

Publicado em 21/01/2019 às 19:26:21

Por: Gabriel Vaquer

Afiliada da Globo em Sergipe, a TV Sergipe foi o centro de uma polêmica nesta segunda-feira (21), por conta de fotos que vazaram nas redes sociais, tiradas no último final de semana.

Um taxista foi flagrado auxiliando a reportagem da emissora durante a cobertura do "Fest Verão Sergipe", o maior festival musical do estado. No flagra, o taxista segura o microfone de reportagem para captar o som das atrações.

Além disso, outras fotos mostram um carro de táxi de uma empresa particular de taxistas envelopado com o nome "reportagem" e o logotipo da TV Sergipe/Globo, que é líder de audiência.

O NaTelinha confirmou a veracidade das imagens com diversas fontes. Segundo apurou a reportagem, o canal acabou com sua frota própria no ano passado e decidiu contratar uma empresa de táxi para suprir a necessidade daqui em diante, por uma questão de corte de custos.

Os táxis já estão sendo usados no dia a dia de reportagens desde o início de 2019, mas só agora o fato veio à tona, devido a repercussão das fotos em grupos de jornalistas no WhatsApp.

A TV Sergipe é afiliada da Globo desde os anos 70 e vive uma crise financeira nos últimos tempos. O canal quase foi vendido no ano passado para um grupo mineiro dono de outra parceira global no interior de MG, mas usando uma prioridade, as atuais acionistas compraram ações do antigo dono, o ex-senador Albano Franco, e mantiveram o controle acionário.

Procurada para falar sobre o assunto, a TV Sergipe/Globo enviou nota explicando o acontecido.

Veja na íntegra:

"A TV Sergipe esclarece que não houve demissão de motoristas da emissora. Há um ano, a empresa vinha trabalhando com serviço de transporte terceirizado e com a finalização do contrato, optou pela não renovação e passou a trabalhar com uma empresa de táxi. A empresa esclarece ainda que os veículos que estão sendo utilizados pelas nossas equipes de reportagens estão com identificação da emissora. Sobre o ocorrido no Fest Verão Sergipe, o que aconteceu foi que um dos nossos repórteres cinematográficos, que estava fazendo a captação de imagens, entregou equivocadamente o microfone para o motorista sem qualquer tipo de consulta. O procedimento adotado pelo profissional não condiz com a orientação da empresa. A TV Sergipe informa ainda que já tomou providências para que este problema não volte a se repetir".

TAGS:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!