Em baixa

"Hoje em Dia" fecha 2018 em terceiro lugar perdendo 79% dos confrontos para o SBT

Ana Hickmann, Ticiane Pinheiro, Renata Alves e César Filho
Divulgação/Record TV

Publicado em 11/01/2019 às 09:13:13

Por: Sandro Nascimento

Há 13 anos sendo exibido nas manhãs da Record TV, o "Hoje em Dia" encerrou 2018 na terceira colocação no ranking geral das audiências na Grande São Paulo.

O programa comandado por Ana Hickmann, César Filho, Renata Alves e Ticiane Pinheiro fechou o ano perdendo 79% dos confrontos com o SBT em sua faixa horária. Entre 1 de janeiro e 31 de dezembro, o "Hoje em Dia" foi ao ar 261 vezes e perdeu para o concorrente em 206 oportunidades.

Contra a revista eletrônica da Record TV, o canal de Silvio Santos exibe parte de uma programação jornalística e infantil, composta mais recentemente pela segunda parte do "Primeiro Impacto", com Marcão do Povo, e pelos desenhos do “Bom Dia & Cia”, apresentado por Silvia Abravanel.

De acordo com os números da Kantar Ibope Media em São Paulo, na média anual entre 10h e 12h, a Globo liderou com 8,3 pontos, em seguida, na segunda posição, veio o SBT com 5,8 de média e no terceiro lugar se consolidou o "Hoje em Dia", com 5 pontos.

O matutino estreou na programação da Record TV em 2005 e foi inspirado no americano "Good Morning America", da rede ABC, e foi implantado na emissora pelo diretor Vildomar Batista.

Os 5 pontos conquistados em 2018 estão longe da audiência do "Hoje em Dia" em seus primeiros anos na Record TV, quando oscilava entre 7 e 8 pontos e tirava a liderança da Globo em vários dias.

Antes da atual formação de apresentadores, ao longo da sua trajetória, a atração contou com Edu Guedes, Britto Júnior, Gianne Albertoni, Celso Zucatelli e Chris Flores. Desde 2010, o programa é dirigido por Bruno Gomes.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!