Barraco

Biel abandona o "Pânico" após brigar com Amanda Ramalho ao vivo

Programa da rádio Jovem Pan não voltou mais após o barraco

Biel discute no Pânico
Reprodução

Publicado em 23/10/2018 às 14:04:43 ,
atualizado em 23/10/2018 às 16:40:01

Por: Diego Falcão com Fabrício Falcheti

De volta ao Brasil, o cantor Biel participava do programa "Pânico" na Rádio Jovem Pan, nesta terça-feira (23), quando abandonou a atração comandada por Emílio Surita após brigar com Amanda Ramalho.

Biel falava sobre sua carreira quando um bate-boca começou com Amandinha. O cantor se defendia das polêmicas e acusações de assédio que sofreu antes de deixar a carreira no Brasil, em 2016.

Até que Amanda quis saber se Biel agiu com interesse ao se relacionar com sua ex só para ter o green card (Cartão de Residência Permanente dos Estados Unidos).

"Sua ex-namorada o acusou de usá-la só para ganhar o green card. Que fim levou?", questionou ela, que logo depois repetiu: "Você casou com ela por causa do visto? Vocês não se amavam? Você queria virar cidadão. Você foi interesseiro?".

Foi uma força de expressão que utilizei na época. Eu mantenho minha posição de repúdio as atitudes dais quais ele foi acusado. Sobre meu comportamento hoje: nem sempre as coisas saem como queremos

Amanda

Ele negou e logo após relembrou quando Amanda disse que ele deveria morrer na época em que precisou deixar o Brasil. "Eu não estou brigando com você. Eu sou seu fã inclusive. Não conheço a sua pessoa. Você falou que eu deveria ter morrido", bradou.

A partir daí, os ânimos ficaram aflorados. "Você está nervosa. Se exaltando. Respira, Amandinha", pediu Biel.

Desesperada, a produtora e integrante Paula Krausche implorou para eles encerrarem a briga, o que não aconteceu. "Vamos continuar a briga. isso vai ser muito bom para mim. Brigar com o Biel", provocou Amanda.

"Para você ter um oponente você precisa estar ao seu nível", rebateu o cantor, que questionou Emílio: "Como você emprega uma pessoa dessas?".

Paulinha clamou pelo fim da discussão por parte de Amanda: "Que horror! Ele é nosso convidado". Mas logo depois, Biel se levantou e deixou os estúdios, mesmo com pedidos para ficar.

Na sequência, um barraco entre a equipe se instaurou. A produtora ficou revoltada com a atitude da colega e vociferou no microfone de que ela deveria ter respeito com o convidado.

Sobrou para o apresentador Emílio Surita. Visivelmente descontrolada, Amanda pediu insistentemente para ter o microfone desligado e que pudessem conversar fora do ar. "Tenha hombridade, não queira render o bloco", vociferou, chorando.

O líder da trupe não cumpriu: "Dá licença que eu estou fazendo o meu trabalho. Vá lá para fora", convidando a integrante a se retirar dos estúdios para se acalmar.

Assim, Emílio chamou os intervalos. "É uma situação exaltada", lamentou.

Amanda se pronunciou no Twitter após a repercussão do programa de hoje. "Eu não sou do tipo de pessoa que deseja a morte de alguém. Foi uma força de expressão que utilizei na época. Eu mantenho minha posição de repúdio as atitudes dais quais ele foi acusado. Sobre meu comportamento hoje: nem sempre as coisas saem como queremos".

Depois disso, o "Pânico" emendou várias músicas e só voltou ao ar no último minuto para encerrar o programa. Sério e sem a presença de Amanda Ramalho, Surita se despediu dos ouvintes sem mencionar nada sobre o ocorrido.

A briga repercutiu nas redes sociais. Confira a cena e alguns comentários:



publicidade

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!