Entrevista

"Rei da pegação na MTV" conta como foi parar nos realities e fala sobre o "De Férias"

Igor Freitas está na terceira temporada do "De Férias com o Ex Brasil"





Igor Freitas do De Férias com o Ex Brasil
Fotos: Divulgação

Publicado em 11/10/2018 às 06:00:26

Por: Gabriel Vaquer

Quem é viciado nos realities da MTV, ficou muito feliz ao ver Igor Freitas, de 28 anos, entrar de carro na mansão do programa "De Férias com o Ex Brasil 3", que estreou há três semanas na emissora de TV paga.

Igor é uma estrela e uma espécie de "rei da pegação" para a MTV brasileira. Mineiro da pequena cidade de São João Nepomuceno, o rapaz já participou do "Are You The One? Brasil" e do gringo "Super Shore", onde representou o Brasil na Grécia.

Até hoje, o convite para fazer tantos programas surpreendeu o próprio, que foi entrevistado pelo NaTelinha. Segundo ele, precisa ter muito coragem para entrar nesses realities.

"Se não tiver o controle emocional pra aguentar essas variações emocionais é bom não ir, porque muita gente vai achando que é só festa e alegria, mas quando chega lá tem uma pressão", explica ele.

Sobre a atual temporada, Igor Freitas adianta muita coisa, e diz que várias discussões ainda irão acontecer. Por fim, ele comenta que quer aproveitar o sucesso da atração o máximo que puder.

Leia a entrevista na íntegra:

Temos que falar do primeiro episódio do "De Férias com o Ex", onde você chega depois da turma ser apresentada e termina até fazendo sexo com a Ya. Aquela chegada triunfal foi ideia de quem? Como recebeu o convite para entrar no programa?

Igor Freitas - Foi ideia da direção da MTV que devem ter analisado que dessa forma daria um ar de suspense a mais. Eu achei ótimo! Deu uma valorizada, digamos assim.

O convite veio através do canal. Eles me ligaram e fizeram algumas perguntas uns dois meses antes do projeto iniciar. A partir disso, já começou uma sondagem, eles perguntaram como é que eu tava, referente a relacionamento, e aí pintou o convite. A gente conversou sobre alguns detalhes e eu acabei aceitando.

Igor, você também discutiu com Miguel por causa da limpeza. Como a casa foi nesse quesito? Teve algumas outras brigas mais fortes por causa de organização?

Igor Freitas - A casa a gente sempre tentava manter, dentro do possível, mas é muito difícil porque é bastante gente e muita festa. Sempre tem alguma atividade, alguma coisa pra fazer e acabava que a gente não focava tanto nisso, mas em alguns momentos a gente falava: “vamos parar tudo aqui e dar uma moral na casa, porque assim não dá”.

Chegamos a ficar com mais de 20 participantes na casa, é muita gente, não tem como deixar tão organizado assim. Mas tentávamos, rolava algumas discussões às vezes, como aquela minha do primeiro episódio, mas não acho que tenha sido o carro chefe das discussões que tiveram na casa, que por sinal rolaram várias.

Falando em briga, você se mostrou boa praça nos outros realities que participou. Afinal, como você se define?

Igor Freitas - Eu de fato me acho um cara tranquilo em relação a conflitos e tal, mas também gosto de me posicionar, de exteriorizar as coisas que eu penso e, quando eu vejo necessidade de entrar na discussão, se tiver meu nome envolvido, ou às vezes até não, eu entro e é isso. Discutir, baixar o nível, beirar uma briga de irmão, é uma coisa bem difícil, não me vejo fazendo isso. Mas expor meu ponto de vista é necessário, e é assim que eu me julgo.

Depois de tantos programas na MTV, o que você tá desejando depois do fim do "De Férias"? Afinal, a repercussão dele no Brasil é muito grande, acima dos outros que você participou...

Igor Freitas - Eu desejo que a galera curta o programa, que seja um projeto de sucesso. É uma empreitada boa da MTV. Eles confiam muito nesse programa, nós participantes também... Tem que aproveitar esse momento que não é eterno, tentar tirar o máximo de proveito em tudo isso, trabalhar bastante e curtir, né. Trabalhar com o que gosto é o que eu prezo.

A pergunta que não quer calar é: como você emendou tantos programas? Como você foi parar no "Super Shore"?

Igor Freitas - Eu simplesmente fui recebendo os convites e fui aceitando. Não esperava tanto isso, nunca me planejei virar uma pessoa que acabou tendo o reality como trabalho, que foi o que aconteceu comigo. Hoje eu vejo mais com um olhar de profissão quando eu vou aceitar ou não um convite. Sempre me pergunto: “O que isso pode me ajudar? O que isso pode me acrescentar? Onde isso pode me atrapalhar?”. É sempre algo que coloco na balança.

Os convites foram acontecendo conforme minhas participações iam agradando. E aí a direção da MTV vinha um ano depois e perguntava “E aí, como você tá? Tem um mês disponível pra gente fazer mais um projeto?”. E eu como disse anteriormente, analisava e acabava aceitando e entrava de cabeça no projeto.

Acho que esse é o meu diferencial ou meu forte, eu vou que vou. Missão dada é missão cumprida. Quando eu estava na Grécia, representando a MTV Brasil na primeira temporada de "Super Shore", eu nem sabia falar direito o idioma e tirei de letra. A gente acabou constituindo uma confiança, Igor e MTV Brasil. Eles sabem que podem contar comigo e eu o mesmo.

Para quem quer entrar nesse tipo de programa no futuro, qual o conselho que você dá?

Igor Freitas - Pense bem! Saiba que suas emoções vão variar bastante. Se não tiver o controle emocional pra aguentar essas variações emocionais é bom não ir, porque muita gente vai achando que é só festa e alegria, mas quando chega lá tem uma pressão. Para o projeto é necessário que a gente se doe de todas as maneiras. Enfim, não é tão fácil assim. Então pensa bem e, se for, vai com tudo! Vai de cabeça porque é maneiro pra caramba.

Por fim, o que o público pode esperar do "De Férias com o Ex Brasil" até dezembro? O que você pode contar?

Igor Freitas - Tem muita coisa louca e boa pra acontecer. Tá imperdível! Digamos que as histórias se entrelaçam perfeitamente. Eu mesmo só assisti ao primeiro episódio e já tô doido pra ver o segundo. Apesar de já saber algumas coisas que aconteceram, sempre acaba sendo novo quando a gente assiste. Cara, imperdível! Tá todo mundo querendo saber. É o programa mais visto da atualidade e não é à toa.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!